terça-feira, 31 de julho de 2012

O mês em resumo: Um mês agitadíssimo com cassação, atentado no cinema, Olimpíadas e Corinthians campeão da Libertadores

Julho termina com muitos fatos que aconteceram e marcaram o sétimo mês do ano. Nesse mês teve de tudo:  político sendo cassado, atirador invadindo sala de cinema e matando pessoas, as emoções das Olimpíadas e a libertação corintiana, enfim campeã da América



Na política, julho marcou o começo das campanhas nas eleições municipais, ainda mornas, é claro, mas o principal fato político do mês foi a cassação do mandato de Demóstenes Torres. De implacável defensor da ética o ex senador acabou sendo cassado por conta de suas ligações com o contraventor Carlinhos Cachoeira. E dois agentes foram mortos misteriosamente. Wilson Tapajós morreu enquanto visitava o túmulo de seus pais em Brasília.



No mundo a Síria segue mergulhada em uma guerra civil que não tem fim. A capital Damasco foi palco de um atentado no dia 18 onde morreram quatro membros da cúpula militar do presidente Bashar Al Assad.





No dia 20 de julho um atirador invadiu uma sala de cinema em Aurora no Colorado durante a pré estreia do filme Batman - O Cavaleiro das Trevas ressurge matando 12 pessoas. James Holmes, de 24 anos armado com escopeta e metralhadora atirou nas pessoas usando uma máscara antigás. O FBI o prendeu.



A ciência deu um grande passo na busca pela teoria atômica com a descoberta do Bóson de Higgs, a partícula que faltava para solucionar o quebra cabeça da teoria do surgimento do universo.

A Anatel puniu as operadoras Claro, Oi e TIM pela baixa qualidade dos serviços de telefonia celular e ainda ficaram proibidas de vender novas linhas.



Tristeza no basquete: O jovem David Meira, de 19 anos morreu no dia 22 depois de dez dias lutando pela vida. David sofreu um acidente durante treinamento do time de basquete de Brasília quando a tabela caiu em cima de seu pesçoço.



No UFC 147 Anderson Silva colocou Chael Sonnen no seu devido lugar ao vencer a revanche no segundo assalto. Depois da luta, o lutador convidou o rival para um churrasco. E o país tem novo campeão: Renan Barão, campeão dos galos depois de vencer Urijah Faber. Ele se junta a campeões como Anderson Silva, José Aldo e Júnior Cigano.


O Autódromo de Jacarepaguá se despediu oficialmente das competições no dia 15 com a última corrida de Stock Car. O autódromo será definitivamente desativado a partir de agosto para dar lugar ao Parque Olímpico de 2016.



A Espanha segue mandando na Europa. A Fúria se tornou campeã europeia pela terceira vez. Na final, um baile em cima da Itália por 4 x 0.



O Palmeiras se tornou campeão da Copa do Brasil e voltará à Libertadores em 2013. O Verdão venceu o Coritiba na grande final, depois de vencer o jogo de ida conquistou seu título empatando em 1 x 1.



E a América ficou aos pés do Corinthians, que finalmente conquistou o título invicto da Libertadores da América vencendo na final o Boca Juniors com dois gols de Emerson Sheik. Com isso o Corinthians disputará em dezembro o Mundial de Clubes no Japão.







Começaram as Olimpíadas de Londres. A cerimônia de abertura misturou um pouco da história com a cultura pop inglesa. As competições prosseguem e o Brasil começou bem o evento conquistando logo no primeiro dia três medalhas: Ouro para Sarah Menezes e bronze para Felipe Kitadai no judô e prata para Thiago Pereira na natação.



Ele dedicou sua vida à serviço da Igreja Católica. O Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro Dom Eugênio Sales morreu no dia 9 deixando um legado de mais de 65 anos lutando em favor dos pobres.No mês morreram ainda o ator americano Ernest Borgnine, que atuou em mais de 200 títulos, sendo o antigalã dos filmes de Hollywood e o músico inglês John Lord, fundador da banda de rock Deep Purple.

Em agosto tem mais retrospectiva mensal.

Quarta pode reservar dois ouros para o Brasil

Nesta quarta o Brasil poderá ganhar duas medalhas de ouro no judô e na natação. O dia também reserva o último jogo da primeira fase do futebol.

- Às 5 da manhã tem presença brasileira na esgrima com Athos Schwantes na prova individual de espada na esgrima e Ana Luiza Ferrão na pistola de ar de 25 metros.

- Às 5 e meia da manhã o judô volta ao tatame com os médios. Maria Portela e Tiago Camilo entram na briga para tentar mais um ouro.

-Às 6 da manhã tem a natação com Leonardo de Deus nos 200 m costas, depois tem Thiago Pereira e Henrique Rodrigues nas eliminatórias dos 200 m medley.

- Às 10 e meia tem o último jogo do Brasil na primeira fase do futebol masculino contra a Nova Zelândia em Newcastle.

- No mesmo horário tem o terceiro jogo do basquete feminino do Brasil contra a Austrália e uma derrota significa a eliminação precoce na primeira fase, pois o time perdeu os dois primeiros jogos. Ao meio dia e quinze tem o handebol feminino com Brasil e Grã Bretanha.

- Às 15: 30 tem Brasil na final da natação. César Cielo entra em cena para a disputa dos 100 metros livres.

- Às 18 horas tem o terceiro jogo do vôlei feminino contra a Coreia do Sul.

Phelps se torna o maior medalhista da história em mais um dia sem medalha

A história olímpica teve um novo capítulo escrito nesta terça feira. O nadador americano Michael Phelps escreve definitivamente seu nome na galeria dos heróis olímpicos ao conquistar sua 19ª medalha e o Brasil mais uma vez não conquistou medalha.

Simplesmente o maior

Michael Dalder/Reuters

Michael Dalder/Reuters

19 medalhas na conta: Michael Phelps supera Laryssa Latinina e agora é o maior medalhista em todos os tempos

Michael Phelps escreve definitivamente seu nome na galeria dos grandes heróis olímpicos. Hoje na piscina do Parque Aquático, Phelps ganhou duas medalhas: prata nos 200 m borboleta e ouro no revezamento 4 x 200 m livres. Com essas duas medalhas, o nadador superou o recorde de 18 medalhas da ginasta russa Laryssa Latinina.

Cielo vai pra final dos 100 m livre

Toby Melville/Reuters



César Cielo se classificou para disputar a final dos 100 metros livres

O nadador César Cielo se classificou pra final olímpica dos 100 metros livres com o quinto melhor tempo. Cielo obteve 48s17. Na sua série semifinal ficou atrás do australiano James Magnussen que foi o mais rápido com 47s63. Nicholas Oliveira ficou no caminho nas eliminatórias assim como Henrique Barbosa e Tales Cerdeira ficou em nono nos 200 m peito e está fora da final.

Mais uma decepção no judô

Jonne Roriz/AE



Leandro Guilheiro mostrou apatia e acabou ficando sem medalha pela primeira vez

O judô brasileiro mais uma vez decepcionou em Londres. Leandro Guilheiro chegou à Londres como favorito para levar a medalha de ouro nos meio médios, mas acabou ficando sem medalha. Guilheiro começou vencendo suas duas primeiras lutas, quando foi na terceira foi neutralizado pelo americano Travis Stevens que aplicou um waza ari e tirou o brasileiro da briga pelo ouro. Na repescagem foi duplamente punido e perdeu por yuko para o japonês Takahiro Nakai dando adeus à medalha. No feminino, Mariana Silva foi derrotada pela chinesa Lii Xu por waza ari. E o caso Rafaela Silva pode ser alvo de investigação. O ministro do Esporte Aldo Rebelo vai acionar a Polícia Federal para investigar o suposto racismo contra Rafaela no Twitter.

100% invictos nas areias

Lucy Nicholson/Reuters



Maria Elisa e Talita vencem dupla alemã e se classificaram antecipadamente

O vôlei de praia brasileiro mantém a série invicta nas Olimpíadas. Hoje mais duas vitórias. No feminino Talita e Maria Elisa venceram a dupla Ludwig e Goller da Alemanha por 2 sets a 1. Entre os homens, Alison e Emanuel venceram os suíços Belaguarda e Heuscher. Ambas duplas se classificaram antecipadamente para a próxima fase.

Mais uma vitória sofrida no basquete

Mark Ralston/AFP



Jogadores brasileiros comemoram a suada vitória contra os anfitriões depois de um horroroso primeiro quarto

O jogo contra a Grã Bretanha teoricamente seria fácil, mas tudo isso caiu por terra logo no primeiro quarto. O Brasil fez apenas 4 pontos num primeiro quarto pra esquecer e os anfitriões se empolgaram e venceram por 11 x 4. Mas o time acordou e reagiu. O ataque pouco inspirado reagiu e a defesa mais uma vez fez a diferença. Assim, a seleção venceu o time da casa por 67 x 62. Tiago Splitter foi o cestinha da partida com 21 pontos. Na quinta feira o time volta á quadra para enfrentar a Rússia que ainda não perdeu na competição.

Brasil perde no futebol e agora encara campeãs mundiais

Stefano Rellandini/Reuters



Houghton dribla Andréa e marca o gol das anfitriãs. Agora, as meninas da seleção encaram as campeãs japonesas

No lotado estádio de Wembley o Brasil acabou sendo derrotado pela Grã Bretanha por 1 x 0, gol marcado por Houghton logo no começo do jogo. A goleira Andréa ainda defendeu pênalti. Agora o Brasil encara a seleção do Japão, atual campeã mundial na sexta feira em Cardiff.

Rapazes do vôlei implodem parede russa

Ivan Alvarado/Reuters

Dante e Serginho comemoram ponto do Brasil sobre a Rússia

Dante e Serginho vibram em ponto: seleção mostrou vibração e força coletiva pra vencer a Rússia

O Brasil mostrou porque quer voltar a ter a hegemonia no vôlei masculino mundial. Em menos de 2 horas atropelou a forte seleção da Rússia por incontestáveis 3 sets a zero (25/21, 25/23 e 25/21). Disposta a se recuperar do fiasco da Liga Mundial o time mostrou força coletiva e se impôs diante dos russos. Na quinta feira o Brasil encara os Estados Unidos.


O desempenho dos brasileiros:

- Na vela, Robert Scheidt e Bruno Prada se recuperaram e assumiram a vice liderança da classe Star. A dupla ficou em segundo em uma e primeiro na outra regata. Na classe Finn, Jorge Zarif terminou sua regata em último e é o 20º, na RS:X Ricardo Santos é o 13º e Patrícia Freitas a 14ª e na Laser Bruno Fontes foi o 14º;

- No tiro com arco, o brasileiro Daniel Xavier travou um duelo equilibrado com o polonês Rafal Dobrovolski, mas acabou eliminado por 7 x 3.

- No tênis, a partida de duplas ficou para a manhã de quarta. A dupla Marcelo Melo e Bruno Soares joga contra os tchecos e está empatada em 1 x 1 na batalha de 4 horas.

- No remo o Brasil não tem mais chances de medalha. Anderson Nocetti foi eliminado na repescagem do skiff simples e Fabiana Beltrame e Luana Bartholo também foram desclassificadas no skiff duplo leve.

- Na esgrima, Guilherme Toldo perdeu para o americano Race Imbolden e acabou eliminado do florete.

Quadro de medalhas:


PaísOuroPrataBronzeTotal
China136423
EUA98623
França43411
Coreia do Sul3238
Coreia do Norte3014
14ºBrasil1113


Click Olímpico do Dia

Patrick Kramer/EFE



Este homem se tornou hoje o maior medalhista de todos os tempos ao conquistar sua 19ª medalha em três olimpíadas disputadas. Michael Phelps é simplesmente o maior herói da Olimpíada.

Amanhã tem mais.

Copa Sul Americana começa para o Brasil com dois pesos e duas medidas

Para o futebol brasileiro a Copa Sul Americana começa hoje. Principal torneio da CONMEBOL no segundo semestre, a competição é vista para os envolvidos como torneio de dois pesos e duas medidas. É ao mesmo tempo um atalho para chegar à Libertadores, e ao mesmo tempo pode atrapalhar o desempenho das equipes no Campeonato Brasileiro. O Palmeiras já tem vaga na Libertadores por ter vencido a Copa do Brasil e os outros sete times tentam chegar ao título internacional. Mas para os times, a competição é vista como um prêmio, mesmo assim tem times que reclamam, pois o Brasileirão estará esquentando em plena disputa. Apenas o Internacional ganhou esse torneio em 2008. Fluminense e Goiás chegaram perto do título e no ano passado o Vasco parou nas semifinais.

A primeira rodada começa hoje com Coritiba x Grêmio. Amanhã tem São Paulo e Bahia, Botafogo e Palmeiras e Figueirense e Atlético Goianiense.Os jogos da volta acontecerão nos dias 21, 22 e 23 de agosto e quem vencer avança para a fase internacional.

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Dia reserva boas chances de medalha com Leandro Guilheiro

A terça feira pode nos trazer boas esperanças, pois o judoca Leandro Guilheiro entra no tatame às 5 e meia da manhã na busca pelo segundo ouro na modalidade.

- No mesmo horário Mariana Silva entra em ação nos meio médios.

- Às 6 da manhã começam as eliminatórias dos 100 m livres e César Cielo e Nicholas Oliveira entram na piscina. O australiano James Magnussen é o favorito para levar a prova.

- Ás 6 e meia, Guilherme Toldo inicia sua participação no florete individual da esgrima. Às 7 e 15 Henrique Barbosa e Tales Cerdeira começam sua participação nos 200 m peito. Às 8 da manhã seguem as regatas da vela.

- O campeão mundial de boxe Everton Lopes inicia a busca por uma medalha que não vem há 44 anos. Ele inicia sua participação nos meio médio ligeiros.

- Às 12: 45 a seleção masculina de basquete volta à quadra para seu segundo jogo nas Olimpíadas. O desafio agora é contra a seleção dona da casa, a Grã Bretanha de Luon Deng, que joga na NBA.

- Às 3 e 45, mais um duelo entre Brasil e Grã Bretanha, desta vez no futebol feminino. Já classificada para as quartas de final, a equipe de Marta e cia decide o primeiro lugar da chave contra as anfitriãs;

- Pra fechar o dia olímpico, às 6 da tarde, o time masculino de vôlei volta à quadra do Earls Court para encarar os gigantes da Rússia, a primeira pedreira na rota do ouro.

Só o handebol pra salvar o péssimo dia brasileiro

Mais um dia sem medalhas e o Brasil já cai no quadro geral da Olimpíada de Londres. Somente o handebol feminino salvou o péssimo dia nos esportes coletivos com a segunda vitória seguida. O basquete e o vôlei feminino perderam e no judô mais um dia de frustrações.

Mais um dia de decepção no judô

Fotos de Ivo Gonzalez/Ag. O Globo



Desolada no tatame, Rafaela Silva chora e logo depois, abraça à técnica Rosicléa Campos que também chora: golpe irregular desclassificou a atleta que depois desculpou sobre declarações polêmicas nas redes sociais

O judô brasileiro decepcionou novamente. Nos leves, nossas esperanças estavam depositadas em Bruno Mendonça e Rafaela Silva. Bruno até que começou bem e venceu o atleta de Ruanda com certa facilidade, mas na luta contra o holandês Dex Elmont acabou sofrendo dupla punição e perdeu por yuko. Já Rafaela começou vencendo a alemã Myriam Ropper por duplo yuko e veio então a luta contra a húngara Hedvig Karakas. A brasileira acabou cometendo um erro que foi fatal. Os árbitros entenderam que ela pegou a perna da adversária antes dela se desequilibrar e desclassificaram a atleta. Chorando copiosamente, Rafaela não aceitou a desclassificação, e logo depois no Twitter reagiu com provocações e palavrões, mas logo depois se arrependeu não sendo punida pela CBJ. E o atleta Felipe Kitadai receberá uma nova medalha de bronze para substituir a que foi quebrada acidentalmente, pois o COI aceitou o pedido.

Duplas brasileiras seguem firmes no vôlei de praia

Marcelo del Pozo/Reuters

As brasileiras Juliana (à esquerda) e Larissa durante preliminar de vôlei de praia contra a Alemanha Veja o especial dos Jogos Olímpicos

Juliana se esforça para receber a bola: dupla brasileira vence mais uma e segue firme na rota do ouro

O Brasil segue muito bem no vôlei de praia. Hoje mais duas vitórias. No feminino, Juliana e Larissa venceu as alemãs Holtwick e Selmer por 2 sets a 0. No masculino a dupla Ricardo e Pedro Cunha venceu a dupla da Grã Bretanha também por 2 sets a 0.

Handebol segue invicto

Marko Djurica/Reuters

Jogadoras brasileiras comemoram vitória sobre Montenegro em partida preliminar do grupo A de handebol Veja o especial dos Jogos Olímpicos

Seleção de handebol feminino vence mais uma e segue invicta nas Olimpíadas

O handebol feminino do Brasil segue muito bem nas Olimpíadas. Hoje nossas meninas bateram a seleção de Montenegro por 27 x 25, depois de virar o intervalo perdendo. A goleira Mayssa segurou a barra e com grandes defesas ajudou o Brasil a vencer a seleção montenegrina. Na quarta feira vamos enfrentar a seleção dona da casa.

Mais uma derrota no basquete feminino

Timothy Clary/AFP

 Erika tebta jogada contra a russa Natalya Vieru durante a partida desta segunda-feira

Érika sobe para marcar mais dois pontos: Brasil faz jogo duro, mas apaga de novo e se complica

O Brasil perdeu sua segunda partida no basquete feminino dos Jogos de Londres. Mesmo jogando duro contra as russas, o time fraquejou novamente nos minutos finais e perdeu a partida por 69 a 59. A seleção ocupa a quarta posição e na quarta encara a seleção da Austrália.

Meninas do vôlei param nas americanas

Jonne Roriz/AE

Brasileiras tentam bloquear ataque norte-americano - Jonne Roriz/AE

Duas jogadoras sobem para bloquear ataque americano: Seleção tropeça nos erros e perde para americanas

Na reedição da final olímpica de quatro anos atrás em Pequim, a seleção dos Estados Unidos aproveitou a sucessão de erros do time do Brasil e venceu a partida por 3 sets a 1 (25/18, 25/17, 23/25 e 25/21) em mais de 2 horas de partida. A ponteiro Hooker marcou 23 pontos na partida. A seleção feminina volta à quadra na quarta feira contra a Coreia do Sul.

O desempenho dos brasileiros:

- No boxe, Yamaguchi Falcão estreou com vitória ao derrotar o indiano Sumit Sawan e avançar para a próxima fase.

- Na natação, Joanna Maranhão chegou à semifinal dos 200 m medley, mas acabou pulando atrasada na água e ficou em 16º lugar. Nos 200 m borboleta, Kaio Márcio e Leonardo de Deus não passaram nas eliminatórias.

Jonne Roriz/AE



- A canoista Ana Sátila, de apenas 16 anos disputou as provas da canoagem slalom e por muito pouco não se classificou pra semifinal ficando em 16º.

- No hipismo o Brasil ficou na 10ª colocação no CCE. No individual, a melhor colocação foi de Ruy Fonseca, 43º. E o cavaleiro Luiz Francisco de Azevedo está fora dos jogos, pois seu cavalo fraturou uma das patas e não tem condições de disputar os jogos.

- Na vela, a dupla Robert Scheidt e Bruno Prada caiu para a quarta colocação na classe Star, na classe Laser Bruno Fontes é o oitavo e na laser radial, Adriana Kostiw é a 12ª. Na Finn, Jorge Zarif ocupa a 19ª posição.

Quadro de medalhas:


PaísOuroPrataBronzeTotal
China95317
EUA57517
França3137
Coreia do Norte3014
Itália2428
12ºBrasil1113


Click Olímpico do Dia

Johannes Eisele/AFP e Fabrizio Bensch/Reuters



Sul-coreana Shin Lam senta na pista em protesto contra o resultado desfavorável

O choro de Rafaela Silva captado pelo fotógrafo Johannes Eisele, da France Presse é o choro de revolta, por causa de uma decisão justa da arbitragem, já a foto de Fabrizio Bensch, da Reuters mostra o desespero da esgrimista sul coreana Shim Lam, que após perder para a alemã Britta Heidelmann chorou protestando contra a decisão dos árbitros. Assim, estas duas fotos simbolizam que uma Olimpíada tem sua parte mais dolorosa, as lágrimas.

Amanhã tem mais.

domingo, 29 de julho de 2012

Atlético Mineiro mantém liderança e Flamengo segue mal das pernas

Mais uma rodada e o Atlético Mineiro se mantém na liderança mantendo dois pontos de vantagem sobre o Vasco. E o Flamengo segue mal das pernas e Dorival Júnior terá de reformular um grupo sem alma e inspiração.

Edu Andrade e Giuliano Gomes/Gazeta Press e Cezar Loureiro/Ag. O Globo

Forlán foi o centro das atrações antes de a bola rolar no Beira-Rio  Foto: Edu Andrade/Gazeta Press

O atacante Leonardo marcou aos 44min do segundo tempo e definiu: Coritiba 2 a 1 sobre o Grêmio  Foto: Giuliano Gomes/Gazeta Press


Forlán fez sua estreia no empate sem gols do Inter, Coritiba freia ascensão do Grêmio e Botafogo vence afundando o lanterna Figueirense que venceu apenas um jogo em todo o torneio

O Internacional promoveu a estreia de Diego Forlán, que até jogou bem, mas o jogo com o Vasco ficou no 0 x 0 deixando o Colorado longe do G4, já o Vasco o empate manteve a equipe em segundo lugar. No Couto Pereira, o Coritiba freou a ascensão do Grêmio vencendo a partida por 2 x 1. Depois de duas partidas sem vitória, o Botafogo finalmente venceu com Seedorf em campo. Jogando mal, o Fogão venceu o Figueirense por 1 x 0, gol de Andrezinho e segue na oitava colocação, já o Figueira segura firme a lanterna.

Reginaldo Pimenta/Ag. O Globo


Fred reclama com o árbitro depois da marcação de impedimento inexistente

Três partidas ficaram no 0 x 0. Sport e Atlético Goianiense, Bahia e Corinthians e Fluminense e Atlético Mineiro, só que o Fluminense foi prejudicado pela arbitragem por causa de um gol mal anulado. Fred fez o gol, só que o bandeirinha alegou impedimento que não existiu, e o resultado manteve o Galo na ponta da tabela.

André Lessa (2)/AE e Eliária Andrade/Ag. O Globo






Rogério Ceni voltou ao time, Luís Fabiano marcou dois e São Paulo goleia um irreconhecível Flamengo deixando Dorival Júnior ainda mais preocupado

No Morumbi, o São Paulo não teve dó da má fase do Flamengo e na volta de Rogério Ceni ao gol goleou o rival por 4 x 1. Luís Fabiano marcou duas vezes com Maicon e Jádson fechando o placar. O Flamengo segue mal das pernas e faço minha crítica. Patrícia Amorim faz até aqui uma gestão desastrosa, pois o clube me parece que não tem uma diretoria de futebol forte e competente. Enquanto essa diretoria atuar de forma amadora os rubro negros, me incluindo no caso vão passar vergonha com esse timinho. Dorival Júnior tinha que reunir o grupo e dar uma bronca geral nesse time. Pobres dos jovens jogadores como Adryan que foram lançados precocemente e que não tem culpa da situação. Se a coisa continuar assim, o Flamengo cairá pra Segunda Divisão com essa diretoria amadora. Chega de humilhação!

Paulo Fonseca/Futura Press

Borges marcou os dois gols do Cruzeiro neste domingo. Foto: Paulo Fonseca/Futura Press

Borges marcou dois gols e Cruzeiro volta a encostar nos líderes enquanto Palmeiras volta pro Z4

No complemento da rodada, o Santos enfim saiu da zona de rebaixamento vencendo a Ponte Preta por 2 x 1, a Portuguesa também desencantou e virou pra cima do Náutico vencendo por 3 x 1 e o Cruzeiro voltou a encostar nos líderes ao vencer o Palmeiras que volta pra zona de rebaixamento com dois gols de Borges. O argentino Barcos ainda descontou, mas não o suficiente para evitar a derrota de 2 x 1.

Situação depois de 13 rodadas (1/3) do campeonato disputado:

- Libertadores: Atlético Mineiro, Vasco, Fluminense e Grêmio;

- Sul Americana: Cruzeiro, Internacional, São Paulo, Botafogo, Ponte Preta, Flamengo, Coritiba e Sport

- Série B: Bahia, Palmeiras, Atlético Goianiense e Figueirense