Pesquisa

Cruzeiro vira e sai do Z4 e Fortaleza vira pra cima dos reservas do Grêmio

O sábado foi das viradas na abertura de mais uma rodada do Brasileirão.

LC Moreira/Futura Press e Richard Calls/Fotoarena

Foto: (LC MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO)

Corinthians x Cruzeiro

Duas partidas abriram a rodada. Na Arena Castelão focado na decisão da vaga na final da Libertadores o Grêmio com o time reserva saiu na frente do Fortaleza com o gol de Paulo Miranda, mas o time cearense virou o jogo com os gols de Wellington Paulista e Oswaldo. Foi o 100º jogo de Rogério Ceni dirigindo o time cearense que se afasta do risco de rebaixamento. Em Itaquera o Cruzeiro venceu de virada o Corinthians e saiu da zona de rebaixamento. Fagner abriu o placar para o Timão, mas o Cruzeiro virou com os gols de Fred e Ederson num lance que gerou polêmica devido à um suposto impedimento. Agora o time mineiro torce contra Ceará e CSA não vencerem seus jogos. A rodada segue neste domingo com mais seis partidas: Internacional x Vasco, Atlético Mineiro x Santos, São Paulo x Avaí, o Fla Flu, Athlético Paranaense x Palmeiras e Chapecoense x Goiás.

Bragantino fica mais perto de subir e briga esquenta na parte de baixo

O Bragantino tropeçou, mas segue líder da Série B a caminho do acesso e esquenta a briga pra fugir do rebaixamento.

Alvaro Jr/Ponte Press e Daniel Hott/Divulgação

Ligger elogiou equipe da Ponte e comemorou ponto conquistado em confronto direto pelo acesso. — Foto: Álvaro Jr / PontePress

Foto: (Daniel Hott / América-MG)

A 30ª rodada começou na quinta com o empate sem gols entre Atlético Goianiense e Botafogo de Ribeirão Preto e a vitória do Cuiabá sobre o Guarani por 2 x 1. Na sexta o CRB derrotou o Criciúma fora de casa por 1 x 0, também fora de casa o Londrina venceu o Vitória em pleno Barradão por 1 x 0. Hoje o líder Bragantino empatou com a Ponte Preta por 1 x 1, mas segue na liderança tranquila. Nos demais jogos o América Mineiro venceu o Oeste fora de casa por 1 x 0 e o Coritiba buscou o empate com o Vila Nova depois de estar perdendo por 2 x 0. Os dois times tem 47 pontos, mas o Coxa tem melhor saldo de gols e um jogo a menos, o Paraná perdeu para o Figueirense por 1 x 0 e o Operário complicou a vida do São Bento vencendo por 2 x 1. Sport e Brasil de Pelotas fecha a rodada neste domingo.

Classificação depois de 30 rodadas:

- Série A: Bragantino, Sport, Atlético - GO e Coritiba
- Série C: Figueirense, Vila Nova, Criciúma e São Bento

Anos 2010: Como o mundo se comportou na década

Dando prosseguimento à série especial sobre a década hoje vamos relembrar como foi o contexto internacional nos anos 2010.

Um mundo dominado pelo terror vindo do Islã




O surgimento do Estado Islâmico disseminou ainda mais o terror e a insegurança no mundo

O século XXI é até aqui o século do terrorismo. Depois dos atentados de 11 de setembro de 2001 o mundo viveu dias de insegurança com atentados em Madri (2004) e Londres (2005). Nesta década o terrorismo seguiu firme e forte vindo do Islã. Se na década passada a rede al Qaeda foi a ameaça, nesta década foi a vez do Estado Islâmico, um grupo capaz de cometer as maiores atrocidades. O mundo conheceu a nova face do mal em 2014 quando começaram a implantar um califado. Em 2015 o mundo fica chocado com cenas cruéis de presos sendo executados das piores formas possíveis. A partir de 2016 fica evidente a decadência com a perda de força de seu califado e as ações caem. 


Por outro lado a al Qaeda sofreu seu mais duro golpe com a morte de Osama bin Laden em maio de 2011. Bin Laden que foi o mentor dos atentados de 11 de setembro foi executado dez anos depois numa operação militar americana.




Terroristas como o dos atentados em Oslo e na maratona de Boston mostraram que praticar o terror não tem fronteiras

Nesta década o terror não escolheu fronteira. Em 2011 a Noruega, então um país pacífico conheceu o terror na figura de Anders Breivik que resultou na morte de 77 pessoas durante explosões em Oslo e na ilha de Utoya. O terrorista foi condenado à 21 anos de prisão. Em 2012 houve um atentado terrorista em Bengazi com a morte de duas pessoas. Em abril de 2013 durante a maratona de Boston três pessoas morreram com a explosão de bombas caseiras e os irmãos Dzhorskar e Tamerlan Tsarnaev foram caçados. Tamerlan foi morto e Dzhorskar foi condenado e executado em 2015. 







Três atentados em um ano e meio deixaram a França em estado de choque

Entre janeiro de 2015 e julho de 2016 três atentados na França comoveram o mundo. O primeiro foi em 7 de janeiro de 2015 quando 12 pessoas morreram na sede do jornal satírico Charlie Hebdo. O motivo foi a revolta e ódio extremo às caricaturas publicadas no jornal. No dia 13 de novembro foi a vez de Paris sofrer com o terror. Naquela sexta feira 13 uma série de ataques terroristas em vários pontos da cidade deixou o saldo de 137 mortos. E em julho de 2016 em pleno feriado do dia da Bastilha um terrorista dirigindo um caminhão jogou o veículo contra as pessoas que estavam em uma praça na cidade de Nice com 87 mortes.

No mesmo ano de 2016 outros atentados chamaram a atenção do mundo com mortes em Bruxelas (35), Ancara (28) e no aeroporto de Istambul (10). Em 2017 a Inglaterra voltou a ser alvo do terror com 22 pessoas mortas em um show da cantora Ariana Grande e em uma série de atentados em Londres que deixou 7 mortos. A Espanha também voltou a sofrer com o terror com os atentados na região da Catalunha com a morte de 13 pessoas. Ainda tivemos atentados em Mogadíscio (510 mortes) e em uma mesquita no Egito (235 mortes).







Atentados em Connecticut, Orlando e Las Vegas mostraram que os americanos ainda não curaram as feridas de 11 de setembro

Já os Estados Unidos tiveram novos traumas com o terror, só que dentro de seu território com a ação de lobos solitários que fizeram inúmeras barbaridades. Em julho de 2012 James Holmes invade uma sala de cinema matando 12 pessoas e ferindo outras 50 e em dezembro o atirador Adam Lanza invade a escola Sandy Hook no estado de Connecticut e mata 27 antes de se suicidar. Em junho de 2016 ocorre o massacre da cidade de Orlando onde um atirador matou 50 pessoas e ferindo 53 na Boate Pulse, voltada ao público LGBT. Em 2017 o país é alvo do maior tiroteio de sua história com a morte de 60 pessoas em Las Vegas.

As revoluções que agitaram a década





Multidões tomam a Praça Tahir após a renúncia de Mubarak e Kadafi morto simbolizando o fim de anos de ditadura na Líbia, duas imagens que marcaram a Primavera árabe

O ano de 2011 foi marcado como o ano da Primavera Árabe, um movimento que gerou uma onda de revoluções no norte da África e no Oriente Médio. O movimento teve início na Tunísia quando a morte de um manifestante gerou uma série de mudanças, depois no Egito caiu o então presidente Hosni Mubarak que renunciou dando lugar à Mohamed Mursi que foi deposto por um golpe militar. Na Líbia o ditador Muammar Kadafi foi caçado e morto pelos rebeldes pondo fim à 42 anos de ditadura. Outra revolução que foi notícia foi na Ucrânia quando o presidente foi derrubado por um golpe militar em 2014. 

O mundo olha pros refugiados com mais atenção



Imagem de Aylan morto simbolizou o drama dos refugiados que tentam fugir da dura realidade 

Uma questão que deu o que falar foi a crise migratória que se agravou na Europa a partir de 2015. Milhares de migrantes foram buscar refúgio no Velho Continente e muitos deles seguiram a rota do Mar Mediterrâneo, mas ocorreram inúmeros naufrágios e muitas pessoas perderam a vida. Talvez, a imagem mais emblemática da década foi a de Aylan Kurdi, um garoto de apenas 3 anos que foi encontrado morto na beira do Mediterrâneo simbolizando o drama migratório que o mundo passou.

Escândalo e troca de papa na Igreja



Francisco sucedeu Bento XVI em meio à escândalos que minaram a credibilidade da igreja na década

A Igreja viveu uma década turbulenta com escândalos e a troca de papas. O Vatileaks foi um escândalo que abalou as estruturas do Vaticano com documentos roubados e casos de corrupção dentro da Cúria. Em 2013 o papa Bento XVI decidiu abdicar do pontificado alegando falta de condições de saúde e acabou sendo substituído pelo argentino Mario Jorge Bergoglio que se tornou o papa Francisco, o primeiro papa vindo da América Latina.

Hegemonia mantida nos EUA



Barack Obama teve como uma de suas decisões importantes reaproximar Cuba depois do embargo de mais de 50 anos

Durante a década os Estados Unidos mantiveram sua supremacia como superpotência, mas a China ameaça essa hegemonia. No começo da década Barack Obama governava o país e entre suas decisões mais importantes destaque para a reaproximação com Cuba, mudanças na política de impostos e o Obamacare além da liberação de presos políticos. 




Donald Trump era conhecido como empresário e homem de negócios, mas em 2016 surpreendeu o mundo sendo eleito presidente dos Estados Unidos e com suas medidas polêmicas vem surpreendendo o mundo ao mesmo tempo tenta a paz na Coreia do Norte se encontrando duas vezes com o ditador norte coreano.

Como se comportou a América Latina







Morte de Hugo Chávez e ascensão de Nicolás Maduro levou a Venezuela ao caos social e econômico enquanto na Colômbia governo e FARC cessam fogo pondo fim à uma guerrilha que parecia não ter fim

A Venezuela mergulhou nesta década num estado quase que ditatorial. O chavismo segue sendo o regime que vem deixando o país quase na miséria. A morte de Hugo Chávez em 2013 e a ascensão de Nicolás Maduro ao poder faz com que a população sofra com a crise econômica e nem mesmo a oposição consegue derrubá - lo do poder. Na Argentina o kirchnerismo tomou conta do país na primeira metade, apesar da morte de Néstor Kirchner, sua viúva Cristina assumiu o poder até que em 2015 Mauricio Macri pôs fim à 12 anos da dinastia Kirchner. Na Colômbia o governo conseguiu um acordo de paz histórico com as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e o ato rendeu o Prêmio Nobel da Paz).

Cuba enterra o castrismo





Morte de Fidel Castro acelerou o processo do fim da dinastia castrista que governou Cuba por quase 60 anos 

Durante quase 60 anos Cuba foi dominada pelos irmãos Castro e a morte de Fidel Castro em novembro de 2016 acelerou o fim da dinastia castrista que veio com a eleição de Miguel Dias Camel em 2018. 

A fúria da natureza 







A década dos desastres naturais teve terremoto que devastou o Haiti e o tsunami que devastou o Japão e o desastre de Fukushima trouxe de volta fantasmas de Chernobyl

Dentre os desastres naturais que marcaram a década destacaremos os fortes terremotos que devastaram o Haiti em janeiro de 2010 com mais de 200 mil mortos, o Nepal que teve mais de 8 mil mortos em 2015 e na Itália em 2016 com quase 300 mortos, o tsunami que devastou o Japão em 2011 matando mais de 13 mil pessoas e que danificou os reatores da usina nuclear de Fukushima, no maior desastre nuclear desde Chernobyl e o furacão Sandy que devastou a Costa Leste americana em 2012.

As idas e vindas da realeza





Harry e William, filhos do príncipe Charles se casam em dois casamentos que deram o que falar

A realeza britânica teve seus altos e baixos na década, mas dois sucessores se casaram em casamentos midiáticos que chamaram a atenção do mundo. Em 2011 o príncipe William se casou com Kate Middleton e se tornaram duque e duquesa de Cambridge, sete anos mais tarde o príncipe Harry se casou com a atriz americana Meghan Markle e se tornaram duque e duquesa de Sussex.

Os dramas que comoveram o mundo





Resgates dos mineiros presos no Chile e de um time de futebol da Tailândia foram bem sucedidos e comoveram o mundo

O mundo se comoveu em outubro de 2010 com o resgate dos 33 mineiros que ficaram soterrados na mina San Jose a 688 metros de profundidade, um drama que começou dois meses antes quando os mineiros foram vítimas de dois soterramentos e o mundo se mobilizou com o resgate pela cápsula Fenix II, no fim todos foram salvos. Em 2018 um outro caso de soterramento comoveu o mundo. os onze jogadores de futebol e o técnico de um time tailandês, o time dos Javalis Selvagens ficaram presos dentro de uma caverna e esperaram 18 dias para serem resgatados sãos e salvos.

Semana que vem a série fala sobre a televisão.

Top 5: Agrava a crise entre o governo e o PSL e Desabamento de prédio deixa 8 mortos em Fortaleza

A semana que termina fez agravar a crise entre o PSL e o presidente e a tragédia que marcou pra sempre Fortaleza.

Deputado Delegado Waldir, líder do PSL na Câmara, concede entrevista em Brasília nesta quinta (17) — Foto: Gabriela Biló/Estadão Conteúdo

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), e o presidente Jair Bolsonaro, durante reunião no Palácio do Planalto — Foto: Marcos Corrêa/PR

1 - Crise PSL x Governo: A crise entre o PSL e o governo Bolsonaro ganhou novos capítulos durante a semana. O Delegado Waldir teve áudios divulgados pelo deputado Daniel Bezerra chamando Bolsonaro de vagabundo. O presidente então teve de destituir a deputada Joice Hasselmann da liderança do governo no Congresso e o líder do partido prometeu implodir Bolsonaro, mas teve de recuar nas declarações sem antes acusar o presidente de ter comprado votos. Do jeito que essa crise vai não sei não.

Bombeiros trabalham na busca por sobreviventes nos escombros do prédio que desabou em Fortaleza — Foto: LC Moreira/Futura Press via AP

2 - Tragédia em Fortaleza: Já são 8 o número de vítimas fatais do desmoronamento do edifício Andreia ocorrido na última terça feira. O prédio desabou pois as estruturas estavam comprometidas. Imagens divulgadas mostraram o estado das pilastras de sustentação que apareceram com os ferros expostos. Uma pessoa segue desaparecida.

Óleo na Praia dos Carneiros, em Pernambuco Foto: Clemente Coelho Júnior / Instituto Bioma Brasil

3 - Mancha de óleo: A mancha de óleo cru já atinge 187 localidades no litoral da região Nordeste. Voluntários trabalham para limpar as praias afetadas pela mancha de petróleo cru e a mancha já chegou à Baía de Todos os Santos.

Depois da batalha campal nas ruas de Barcelona, os estragos deixados para trás. Radicais e policiais trocaram pedras e bombas no mesmo dia em que meio milhão de pessoas pediram a libertação de independentistas presos Foto: JOSEP LAGO / AFP

4 - Barcelona ferve: Os protestos contra a condenação de 13 líderes chegaram ao ápice com a transformação do centro da cidade num campo de batalha. Mais de meio milhão de pessoas foram às ruas e a ação de grupos radicais transformou a marcha pela independência da Catalunha numa batalha campal que durou sete horas.

Boris Johnson durante sessão extraordinária do Parlamento Britânico — Foto: UK Parliament/Jessica Taylor/Reuters

5 - Nova derrota no Brexit: O parlamento inglês adiou a aprovação do acordo do Brexit impondo uma dura derrota para o primeiro ministro Boris Johnson que ainda tenta concretizar a saída do Reino Unido da União Europeia até o fim deste mês. Foram 322 votos a favor e 306 contra. Caso a UE não concorde com a extensão o Brexit não correrá mais neste mês ficando sem data pra executar.

Imagem da semana



Pela primeira vez uma missão da NASA foi 100% feminina. A caminhada foi feita pelas astronautas Christina Koch e Jessica Meir que repararam uma falha no sistema de energia da Estação Espacial Internacional.

Semana que vem o quadro retorna.

Pole surpreendente para Daniel Hemric no Kansas



A corrida do Kansas terá uma primeira fila surpreendente e surreal. A pole position ficou com o novato Daniel Hemric, a primeira dele na carreira com David Ragan em segundo, a segunda fila terá Ryan Blaney, já classificado por ter vencido em Talladega e Brad Keselowski e a terceira fila Kyle Larson e Michael McDowell. A corrida deste domingo encerra a segunda fase do playoff e dez pilotos brigam por seis vagas na terceira fase do playoff e quatro vão sobrar. A prova tem largada prevista para as 15:30 e terá transmissão do Fox Sports 2.

Gabriel Casagrande conquista sua primeira pole na Stock Car



Na sua melhor temporada até aqui Gabriel Casagrande obteve neste sábado sua primeira pole da carreira na pista de Cascavel desbancando os favoritos. Casagrande superou o rei das poles em 2019 Thiago Camilo que sai em terceiro e a primeira fila terá a seu lado Felipe Fraga, o campeão de 2016. Camilo sai em terceiro ao lado do bicampeão Daniel Serra e a terceira fila com os campeões Max Wilson que esta semana ficou sem equipe e Cacá Bueno. A rodada dupla de Cascavel terá largada prevista para as 11 da manhã deste domingo com transmissão do Sportv 3

Grid de largada

1º Gabriel Casagrande - 1min01s861
2º Felipe Fraga - 1min01s895
3º Thiago Camilo - 1min01s905
4º Daniel Serra - 1min01s975
5º Max Wilson - 1min02s024
6º Cacá Bueno - 1min02s244
7º Rubens Barrichello - 1min02s085
8º Nelson Piquet Jr. - 1min02s182
9º Gaetano di Mauro - 1min02s187
10º Felipe Lapenna - 1min02s211

YT da semana traz os Sobrinhos do Ataíde e o Bola Fora na Band



Os Sobrinhos do Ataíde foram um grupo humorístico que durou seis anos entre 1995 e 2001 e era formado por Paulo Bonfá, Felipe Xavier e Marco Bianchi e eram figurinhas carimbadas do extinto RockGol na MTV e em 1997 eles foram pra Band fazer o quadro Bola Fora nas transmissões do Campeonato Brasileiro aproveitando o sucesso que eles faziam no rádio. O YT da semana traz um desses programas da época que eles estavam na Band.

A terapia que curou o câncer, o polêmico Gilmar Mendes, a crise no PSL, os seis meses de Weintraub e Lula de olho em 2022 são os destaques nas capas das semanais

As revistas semanais começam a circular e esses são os temas de capa:


- Crusoé traz reportagem com o ministro Gilmar Mendes, o Dono do Supremo que patrocina a campanha para impedir as prisões após condenações em segunda instância e recorre aos métodos da política pra corte se curvar às suas vontades. 


- Carta Capital fala da crise do PSL e da briga com o presidente Bolsonaro. 



- Época fala sobre os seis meses de Abraham Weintraub no cargo de ministro da educação falando sobre sua gestão marcada por polêmicas e os poucos desafios à frente da pasta.



- Istoé foge da política e traz na capa uma revolução no tratamento contra o câncer. A terapia celular, um método desenvolvido no Brasil leva esperança de cura para milhares de pacientes como Vamberto de Castro que praticamente está curado.


- Veja traz pesquisa apontando o ex- presidente Lula ainda como nome da esquerda para enfrentar Bolsonaro na eleição de 2022 e num segundo turno perderia pra Moro e ganharia de Luciano Huck, falando nele o ex- presidente Fernando Henrique Cardoso dá um conselho a ele se decidir se deixa de ser celebridade para entrar na política.

Semana que vem o quadro retorna.

Santos vence e segue na cola dos ponteiros e Inter volta pro G6

Nesta quinta três partidas completaram a rodada e o Santos vence pra não perder contato com os ponteiros.

Ivan Storti/Divulgação, Ricardo Duarte/Divulgação e André Durão/globoesporte.com


Foto: (Ricardo Duarte / Internacional)

Foto: (André Durão)

O Ceará assustou o Peixe e marcou no primeiro tempo com Lima. Sem laterais Jorge Sampaoli corrigiu o esquema e o time voltou diferente na segunda etapa com Carlos Sanchez cruzando na medida para os gols de Sasha e Gustavo Henrique e o Santos vira pra cima do Ceará que segue ameaçado pelo rebaixamento. Na Ressacada o Avaí ficou sem um jogador com apenas 3 minutos de jogo devido à expulsão de Wesley por dar uma entrada dura em cima de Bruno Silva e o Internacional aproveitou a vantagem numérica e com autoridade venceu o jogo com os gols marcados por Patrick e Sarrafiore e voltou pro G6, já o time catarinense segue atolado na zona de rebaixamento e no Maracanã o Athlético Paranaense não se intimidou e mesmo em situação tranquila na temporada não deixa de jogar sério, méritos pra Tiago Nunes que chega à 100 jogos dirigindo o time, uma realidade em matéria de técnico no futebol brasileiro da atualidade, o que ele faz esse time jogar com seriedade não tá no gibi. Com dois gols de Madson o Furacão quebrou a série de cinco vitórias do Fluminense vencendo de virada por 2 x 1. E falando no Maraca o estádio sediará a final da Libertadores ano que vem e justo no ano em que completará 70 anos. A decisão será no dia 21 de novembro e a cidade argentina de Córdoba sedia a final da Copa Sul Americana no dia 7 de novembro.

Classificação depois de 26 rodadas disputadas

- G6: Flamengo, Palmeiras, Santos, Corinthians, São Paulo e Internacional
- Z4: CSA, Cruzeiro, Avaí e Chapecoense

Cruzeiro vira e sai do Z4 e Fortaleza vira pra cima dos reservas do Grêmio

O sábado foi das viradas na abertura de mais uma rodada do Brasileirão. LC Moreira/Futura Press e Richard Calls/Fotoarena D...