quinta-feira, 4 de maio de 2017

Como foram as corridas automobilísticas no período de férias forçadas

Durante o período que fiquei com internet limitadíssima deixei de acompanhar as corridas automobilísticas e agora trago um resumão de tudo que ocorreu enquanto sofria (e ainda sofro) com a internet lenta.



Pela Fórmula 1 tivemos no dia 30 de abril o Grande Prêmio da Rússia e a vitória foi do finlandês Valtteri Bottas, a sua primeira na categoria com Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, os dois da Ferrari completando o pódio. Felipe Massa chegou em nono lugar.







Na Fórmula Indy tivemos duas corridas: No dia 23 no Barber Motorsport vitória do americano Josef Newgarden da Penske e no dia 29 em Phoenix no primeiro desafio em circuito oval vitória do atual campeão Simon Pagenaud que agora é líder do campeonato. Hélio Castroneves que havia largado na pole em Phoenix foi quarto colocado e Tony Kanaan foi o sexto. E Fernando Alonso fez seus primeiros testes com o carro de Indy em Indianápolis onde correrá no dia 28 a edição 101 das 500 Milhas e rodou 440 km tendo como sua média de velocidade 228 mph (358 km/h). Ou seja, ele andou mais do que em toda a temporada atual da Fórmula 1 penando numa McLaren horrorosa.





Na NASCAR Monster Energy Series tivemos duas corridas. No dia 24 ocorreu a prova de Bristol que havia sido adiada por causa das chuvas e a vitória foi do atual campeão Jimmie Johnson e no dia 30 no oval de Richmond a vitória foi de Joey Logano.






E pela Stock Car tivemos a etapa do Velopark e as vitórias na rodada dupla foram de Thiago Camilo e Felipe Fraga, mas o que ficou marcado foi o acidente envolvendo os pilotos Antonio Pizzonia e Lucas Foresti.

Um comentário:

Jean Marcos disse...

Oba, que bom te ver de volta! :D
Em tempos de crise econômica é uma dificuldade tremenda, mas encarando os problemas de frente tudo há de dar certo a você e sua família. Enquanto isso graças a Deus não sofri maiores problemas, vou me mantendo como posso. Minha internet e TV a cabo também é Vivo desde 2014 e nunca tive queixas, a menos na hora de aumentar a fatura a cada aniversário, que logo eu ligo na central e dou um jeito de abaixar. Enfim, nossas batalhas de cada dia, e vamos vencer o/

Abraços, Kléber, boa volta!