terça-feira, 13 de junho de 2017

Juventude segue líder e Inter sai do G4, mas aliviado

O Juventude se mantém líder na Série B numa rodada em que o Internacional saiu do G4, mas aliviado escapou de tomar uma grave punição fora de campo.

Daniel Cheisa/Guarani Press



Guarani mantém invencibilidade caseira derrubando o Papão com dois gols do paraguaio Samúdio

Três partidas abriram a sétima rodada. Londrina e Oeste empataram por 1 x 1, o Náutico muito mal no campeonato perdeu mais uma, desta vez pro Paraná por 2 x 1 e somou até agora apenas 2 pontos numa campanha que lembra tristemente aquela que o rebaixou pra Série B em 2013 quando somou apenas 20 pontos e no Brinco de Ouro o Guarani segue invicto em casa e derrotou o Paysandu que até outro dia era líder do campeonato por 2 x 0.

Futura Press e Luis Henrique/Divulgação

Tiago Marques e Juninho comemoram primeiro gol do Juventude em vitória sobre o ABC (Foto: Futura Press)



Juventude se mantém na liderança com vitória diante do ABC e no clássico catarinense o Figueira reage e tem empate com sabor de vitória

Outro time que também é eficiente dentro de seus domínios é o Juventude que precisou de apenas um tempo pra golear o ABC de Natal por 3 x 0 e se firmar na liderança do torneio. O Goiás numa grande arrancada goleou o Boa Esporte por 4 x 1 e encostou no G4 e no Orlando Scarpelli o Criciúma deixou escapar a vitória fora de casa no clássico contra o Figueirense que reagiu com dois gols de Luidy que saiu do banco e acertou dois foguetes indefensáveis e o jogo terminou 2 x 2.

Futura Press



Inter apenas empata em Minas e sai do G4, mas escapa de exclusão no STJD

O Vila Nova venceu o CRB fora de casa por 2 x 1 e se mantém firme no G4. Outro que se deu bem fora de casa foi o Santa Cruz que bateu o Ceará na Arena Castelão por 3 x 1 e no Independência o Internacional empatou com o América Mineiro por 1 x 1, resultado que tirou o time do G4, mas fora de campo o time teve uma boa notícia. O STJD puniu o clube apenas com uma multa de R$ 720 mil e o dirigente Vittorio Piffero foi suspenso por 555 dias além de pagar multa de R$ 90 mil.

Situação depois de sete rodadas disputadas:

- Série A: Juventude, Guarani, Vila Nova e Santa Cruz;
- Série C: Luverdense, Criciúma, Boa Esporte e Náutico.

Um comentário:

Fabio Maksymczuk disse...

Olá, tudo bem? Eu torço para o retorno do Guarani e do Paysandu à elite do futebol brasileiro!!!! Abs, Fabio www.tvfabio.zip.net