sábado, 25 de fevereiro de 2017

Gaviões, Vila Maria e Tatuapé se destacam no primeiro dia de desfiles em São Paulo

Na primeira noite de desfiles do carnaval de São Paulo três escolas se destacaram no Sambódromo do Anhembi. Gaviões da Fiel, Unidos de Vila Maria e Acadêmicos do Tatuapé trouxeram pra avenida a religiosidade, o povo africano e a migração.

Fotos de Zanone Fraissat/Folhapress e Nelson Almeida/AFP







Elba Ramalho foi tema de enredo da Tom Maior e Vila Maria trouxe pra avenida a padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida

Abrindo os desfiles a Tom Maior homenageou a cantora Elba Ramalho, só que a escola teve problemas num de seus carros alegóricos e pode perder pontos em evolução. A Mocidade Alegre que comemora meio século de carnaval trouxe pra avenida as histórias da comunidade da Zona Norte paulistana. A Unidos de Vila Maria trouxe os 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. O cantor Daniel foi um dos destaques.

Zanone Fraissat/Folhapress e Flávio Moraes/G1





Mesmo sem parte da fantasia Sabrina Sato brilhou como rainha de bateria da Gaviões e escola do Tatuapé trouxe raízes africanas na cultura e na religião

A Acadêmicos do Tatuapé, vice campeã do ano passado trouxe as histórias do povo africano usando muitas cores representando grandes reinos. Os migrantes que vem pra São Paulo foram o tema do enredo da Gaviões da Fiel. Sabrina Sato se atrasou e mesmo sem uma parte da fantasia arrasou. A Acadêmicos do Tucuruvi trouxe os artistas de rua e por muito pouco não estoura o tempo limite do desfile. Fechando a primeira noite a Águia de Ouro falou sobre a proteção aos animais e uma homenagem aos cachorros e seu papel na sociedade. Todas as fantasias não tiveram materiais de animais. Neste sábado mais sete escolas fecham o desfile.

Nenhum comentário: