domingo, 21 de agosto de 2016

Rio 2016 vai deixar saudades: o que ficou de bom e de ruim

E depois de 16 dias de competição intensa o Brasil e o mundo se despedem da Olimpíada Rio 2016 e é hora de fazer um balanço do que ficou de bom e de ruim no megaevento.

Primeiro o lado negativo:



- As longas filas nos primeiros dias para comprar comida. Alimentos em falta e desorganização foram constantes nas arenas, mas depois resolvidos.



- O mistério das piscinas esverdeadas no Maria Lenk. A piscina do polo aquático e o tanque de saltos ficaram esverdeados por conta de aplicação excessiva de um produto que equilibra o PH da água.



- Os excessos da torcida e as vaias que deixaram irritados o francês Lavillenie na final do salto com vara.

Agora o lado positivo



- A receptividade do povo brasileiro em torcer e receber bem os turistas.

- Os elogios da imprensa internacional que antes da Olimpíada espalharam o terror com a ameaça do zika vírus e o terrorismo. Foi uma Olimpíada tranquila que mostrou a enorme capacidade do Brasil em organizar grandes eventos.

- A capacidade do povo brasileiro em superar uma grave crise política apesar das vaias dadas à Michel Temer na Cerimônia de Abertura.

E agora fica cada vez mais difícil para a sede da Olimpíada seguinte repetir o sucesso da anterior e essa deverá ser a missão que o Comitê Organizador da Olimpíada de Tóquio passará a adotar a partir de amanhã quando começa um novo ciclo olímpico, fazer uma Olimpíada melhor que a Rio 2016. O desafio está lançado.

Nenhum comentário: