quarta-feira, 9 de julho de 2014

Argentina despacha Holanda nos pênaltis e decide a Copa com Alemanha

Ricardo Moraes/Reuters, Themba Hadebe/AP e Srdjan Suki/EFE

Sergio Romero, goleiro da Argentina, defende a cobrança de Ron Vlaar Foto: RICARDO MORAES / REUTERS

Após o último pênalti no Itaquerão, cobrado por Maxi Rodríguez, a Argentina faz 4 a 2 na Holanda e se classifica para a final da Copa, contra a Alemanha Foto: Themba Hadebe / AP

Srdjan Suki/Efe

Romero pega dois e coloca a Argentina na final depois de 24 anos

Foi nos pênaltis que a Argentina alcançou a classificação para a final da Copa do Mundo depois de 24 anos. A geração de Lionel Messi vai tentar o tricampeonato contra a Alemanha na reedição das finais de 1986 e 1990. O jogo foi equilibrado nos 120 minutos e as duas equipes não arriscaram com receio do massacre da Alemanha sobre o Brasil, por isso o jogo foi fraco tecnicamente. A sorte então foi lançada e nos pênaltis brilhou a estrela do goleiro Romero que defendeu as cobranças de Vlaar e Sneijder e a Argentina venceu a série por 4 x 2.

As finais ficaram assim:

- Brasil x Holanda no sábado pela disputa do terceiro lugar em Brasília
- Argentina x Alemanha no domingo decidindo o título no Rio de Janeiro

Quem leva a Copa: Argentina ou Alemanha?

HOLANDA 0 (2) X (4) 0 ARGENTINA
Data: 9 de julho de 2014
Horário: 17h00 (de Brasília)
Local: Itaquerão, em São Paulo (SP)
Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR)
Assistentes:  Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR)
Cartões amarelos: Martins Indi, aos 43 min. do 1°t, Huntelaar, aos 15 min. do 1°t da pror (HOL); Demichelis, aos 3 min. do 2°t (ARG)
HOLANDA: Cillessen; Kuyt, Vlaar, Martins Indi (Janmaat, no intervalo), De Vrij e Blind; Wijnaldum, De Jong (Clasie, aos 16 min. do 2°t) e Sneijder; Robben e Van Persie (Huntelaar, aos 5 min. do 1°t da pror.)
Técnico: Louis Van Gaal
ARGENTINA: Romero; Zabaleta, Garay, Demichelis e Rojo; Mascherano, Biglia, e Enzo Perez (Palacio, aos 35 min. do 2°t); Messi, Lavezzi (Maxi Rodriguez, aos 9 min. do 1°t da pror.)e Higuain (Agüero, aos 36 min. do 2°t)
Técnico: Alejandro Sabella

Nenhum comentário: