sábado, 5 de agosto de 2017

Top 5: Temer recomeça seu governo depois da vitória, Venezuela vive o caos e Neymar é apresentado no PSG

Depois de duas semanas o Top 5 está de volta e destacando o recomeço do governo Temer, a crise institucional na Venezuela e a apresentação de Neymar na maior transação do futebol mundial.



1 - Temer começa de novo: Depois da votação em que a denúncia de corrupção passiva foi arquivada o presidente Michel Temer iniciou a retaliação de deputados que traíram o governo, ao mesmo tempo os partidos políticos querem mais espaço no governo.

Equipes do Exército durante senguda fase da operação de segurança no Rio Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo

2 - Rio contra o crime: As Forças Armadas realizaram neste sábado uma megaoperação para combater o crime e o roubo de cargas no Complexo do Lins. A operação teve o saldo de duas pessoas mortas e 14 presas. Esta é a segunda fase da operação conjunta para combater o crime organizado no estado.



3 - Caos na Venezuela: O país aprovou uma assembleia Constituinte sem a oposição numa demonstração de que o presidente Nicolás Maduro quer impor no país uma ditadura incontrolável. Neste sábado os países que representam o Mercosul decidiram suspender de novo o país do bloco econômico sob a alegação de não cumprir as obrigações exigidas pelo bloco.



4 - Crise diplomática: A Coreia do Norte sofreu sanções do Conselho de Segurança da ONU que aprovou a adoção das medidas por unanimidade. O país ficou proibido de comprar carvão, chumbo e frutos do mar.

Neymar acena para os torcedores no Parc des Princes Foto: Francois Mori / AP

5 - Craque de casa nova: O jogador Neymar foi apresentado neste sábado à torcida do Paris Saint Germain. O clube francês pagou ao Barcelona a quantia de 222 milhões de euros e ele só deve estrear no próximo fim de semana.

Imagem da semana

Opositores do governo Temer levam mala com dinheiro falso, em referência à mala com R$ 500 mil recebida pelo ex-assessor especial do presidente Michel Temer, Rodrigo Rocha Loures, das mãos de delator da JBS Givaldo Barbosa / O Globo

No mais puro retrato de como são as coisas na política de nada adiantou a oposição chiar e o presidente Michel Temer conseguiu uma sobrevida e espera agora ter paz para governar.

Semana que vem tem mais.

Nenhum comentário: