sábado, 12 de agosto de 2017

Top 5: As encrencas nada legais de Trump

A semana termina e o presidente norte americano Donald Trump protagonizou duas guerras verborrágicas contra a Coreia do Norte e a Venezuela.


1 - As encrencas de Trump: O presidente Donald Trump polemizou nesta semana. Primeiro ameaçou a Coreia do Norte com fogo e fúria e que por sua vez respondeu insinuando de atacar o território americano, depois ameaçou a Venezuela dizendo que se necessário faria uma intervenção militar ao país.


2 - Guerra institucional: Nesta semana o presidente Michel Temer pediu a suspeição de Rodrigo Janot. O procurador seria afastado das investigações pois a alegação é que Janot trata os inquéritos contra Temer de forma parcial. 


3 - Impunidade: A Justiça Criminal de Minas suspendeu nesta semana o processo criminal contra os executivos da mineradora Samarco na tragédia de Mariana. A alegação para a suspensão foi a quebra de sigilo telefônico ter sido feita após o período legal. A tragédia ocorrida em novembro de 2015 deixou 19 vítimas fatais e dizimou o distrito de Bento Rodrigues. Foi o maior desastre ambiental da história do Brasil.


4 - De volta à cadeia: O médico Roger Abdelmassih deverá voltar ao regime fechado na prisão, pois acabou o contrato do governo de São Paulo com a empresa fabricante das tornozeleiras eletrônicas. Abdelmassih foi condenado à 181 anos de prisão por estuprar 38 pacientes.

Rafaela Felicciano/Metrópoles

5 - Crime e morte em Brasília: Um crime chocou Brasília esta semana. Maria Vanessa Veiga Esteves de 55 anos era servidora do Ministério da Cultura e professora da Universidade de Brasília e foi brutalmente assassinada por dois homens, um deles menor de idade, Os ladrões queriam levar tudo, mas não satisfeitos a esfaquearam e Maria Vanessa morreu no local.

Imagem da semana

Fernando Frazão/Agência Brasil

A violência contra policiais no Rio segue à todo vapor. A foto acima de um boneco fardado com uma cruz simboliza as 97 mortes de PMs, sendo três nas últimas 24 horas mostra a falência da segurança pública carioca.

Sábado que vem tem mais.

Nenhum comentário: