sábado, 20 de maio de 2017

Uma década de informação e sucesso



Há exatamente 10 anos ou uma década dei os primeiros passos na blogosfera quando surgia o Blog de knunes no UOL assim que chegou o PC na minha casa. Desde então o espaço foi crescendo e virou referência. Há dez anos as redes sociais ainda engatinhavam, mas a onda era o Orkut, assim como o YouTube, anos depois surgiram o Facebook, o Instagram, o Twitter, o SnapChat e tantos outros.

Em 2007 quando o blog surgiu Lula era o presidente e iniciava o seu segundo mandato sem ninguém saber o que ele e a turma do PT aprontavam com a Petrobras, Sérgio Moro ainda era um juiz em começo de carreira e nem sequer sonhava com a Lava Jato, Michel Temer era deputado e o seu partido, o PMDB ainda não desembarcava no governo Lula, Donald Trump era apenas apresentador de O Aprendiz na TV americana e nem sequer sonhava em chegar à Casa Branca, o Brasil sequer pensava em sediar uma Copa do Mundo e uma Olimpíada, tinhamos Kaká, o último brasileiro a ser escolhido o melhor jogador do mundo pela FIFA, Neymar ainda dava os primeiros passos nas categorias de base do Santos, Cristiano Ronaldo e Messi começavam a se destacar, Michael Schumacher havia se aposentado e surgia Lewis Hamilton na Fórmula 1, a novela das 9 era às 8, a economia era forte, enfim tudo isso foi há dez anos.

Naquele ano o país enfrentou um apagão aéreo devido ao acidente da Gol ocorrido no ano anterior e em julho daquele ano veio um novo acidente com o avião da TAM, hoje LATAM que explodiu no Aeroporto de Congonhas com 199 passageiros ao não aterrissar na pista. Na política Renan Calheiros que comandava o Senado foi acusado de pagar despesas da filha da jornalista Mônica Veloso, Joaquim Roriz foi cassado, no cenário internacional Hugo Chávez levou um pito inesquecível do Rei Juan Carlos, tivemos Jogos Pan Americanos realizados no Rio de Janeiro, no fim do ano o Brasil foi escolhido pra sediar a Copa de 2014 e dentre as perdas do ano as mais sentidas foram a do político Antônio Carlos Magalhães, o tenor Luciano Pavarotti, o ator Paulo Autran, a atriz Nair Bello, Enéas Carneiro e Bóris Yeltsin.

Nesse primeiro ano as postagens feitas no UOL eram bem discretas, só no fim do ano é que descobri novos recursos e veio 2008. Nesse ano lancei quadros que são marcas do blog como as capas das revistas semanais, Top 5 e Musa da semana, depois A Bela do Domingo. O ano foi repleto de acontecimentos marcantes como a crise econômica mundial que abalou a economia, a eleição de Barack Obama, a morte de Isabela Nardoni, a Olimpíada de Pequim e o surgimento de Usain Bolt e dentre as mortes do ano o cantor e compositor Dorival Caymmi, o ator Paul Newman e a atriz e comediante Dercy Gonçalves.

2009 marcou o encerramento da primeira década do século XXI e o blog relembrou em dez capítulos um resumo do que mais importante marcou na década. Dentre os fatos marcantes daquele ano destaque para a morte do cantor Michael Jackson, o mensalão do DEM no GDF que fez com que José Roberto Arruda fosse preso no ano seguinte, a queda do avião da Air France no Oceano Atlântico, a escolha do Rio como sede dos Jogos de 2016 e das mortes de Clodovil, Lombardi, Celso Pitta, Patrick Swayze e Farrah Fawcett.

2010 foi um ano que aconteceu de tudo: Dilma Rousseff seria eleita a primeira mulher presidente na história, no Rio a polícia cercou o tráfico e retomou o Morro do Alemão, o Haiti sofrendo um terremoto devastador, os crimes que abalaram o país como o caso do goleiro Bruno que foi acusado de matar Eliza Samúdio, a Copa do Mundo ganha pela Espanha e o Brasil sendo eliminado nas quartas tomando a virada da Holanda além das perdas de Orestes Quércia, Armando Nogueira, José Saramago e Romeu Tuma. Nesse ano o blog sai do UOL e 2011 começa de casa nova.

No Blogger onde estou desde 2011 o espaço ganha novos recursos e acompanha os acontecimentos mais marcantes como a Primavera Árabe que derrubou ditaduras, a morte de Osama bin laden, o terrorista mais caçado do mundo, o casamento real de William e Kate e o tsunami que devastou o Japão e as perdas de Amy Winehouse, Steve Jobs, Itamar Franco, do Doutor Sócrates e Joaozinho Trinta.

2012 teve como principais acontecimentos a reeleição de Obama, o julgamento do mensalão que colocou a cúpula petista na cadeia, as Olimpíadas de Londres e as mortes de Chico Anysio, Hebe Camargo, Whitney Houston, Millor Fernandes e Joelmir Beting.

O ano de 2013 ficaria marcado pelas manifestações de junho em que o povo foi às ruas protestar pelo aumento de 20 centavos nas passagens de ônibus e quem não se lembra das exigências Padrão FIFA na Copa das Confederações? O ano também foi marcado pelo novo papa, Francisco e das mortes de Nelson Mandela, Hugo Chávez, Margaret Thatcher, Nilton Santos, Emílio Santiago e Dominguinhos.

Veio 2014 e nesse ano vem à tona o Petrolão. A Operação Lava Jato começa a dominar o noticiário político com a atuação da força tarefa liderada por Sérgio Moro que desvenda o maior esquema de corrupção da história. E também foi ano da Copa no Brasil, mas o que ninguém vai esquecer é o 7 x 1, a goleada alemã que destroçou um time irreconhecível. Dentre as perdas o ano foi de adeus para Eduardo Campos, morto em acidente aéreo durante a campanha eleitoral, Robin Williams, Jair Rodrigues, Luciano do Valle, João Ubaldo Ribeiro, Gabriel Garcia Marquez e Ariano Suassuna.

2015 teve como fatos mais marcantes os atentados que sangraram a França duas vezes, a crise política no começo do segundo mandato de Dilma e que culminariam com a abertura do processo de impeachment, o avanço da Lava Jato, o mar de lama que destruiu Mariana e dentre as mortes do ano perdemos Marília Pera, Miele, BB King.

E o que dizer do maluco 2016, um ano que tivemos de tudo: impeachment de Dilma e ascensão de Temer, a maior crise econômica da história do país, a epidemia de zika, Brexit, eleição de Trump, a Rio 2016, esportivamente inesquecível, mas até agora de legado horrível e a tragédia que dizimou a Chapecoense além das mortes de Fidel Castro, David Bowie, Prince, Ivo Pitanguy, João Havelange, Domingos Montagner e Elke Maravilha.

Enfim, foram dez anos de muita informação com seriedade e sucesso. Quero agradecer a todos que comentaram e que ainda comentam.

P.S - Essa mensagem seria publicada no dia 20 de abril, justamente o dia dos dez anos e que agora resolvi publicar justamente hoje quando faz um mês que a Vivo me puniu severamente com o bloqueio parcial deixando minha internet lenta, mas o problema foi sanado e agora estou com outra internet. Publico para não deixar passar a data em branco.

Nenhum comentário: