sábado, 26 de novembro de 2016

FIDEL CASTRO MORRE AOS 90 ANOS EM HAVANA

Javier Galeano - 3.fev.2006/Associated Press

Um dos maiores ditadores da história do século 20, o ex - presidente de Cuba Fidel Castro morreu na noite desta sexta em Havana, aos 90 anos. A notícia da morte foi anunciada pelo irmão Raul Castro em pronunciamento à nação na madrugada de hoje. Fidel Castro liderou a Revolução Cubana que derrubou Fulgêncio Baptista em 1959 e se tornou um líder muito popular graças ao seu carisma. Durante quase meio século comandou o país impondo uma ditadura severa à população cubana que sofreu e sofre até hoje com o empobrecimento da ilha, além de muitos opositores e presos políticos foram fuzilados no paredón, pois o crime que cometeram foi criticar o regime. Durante sue governo sobreviveu à várias tentativas de assassinato e nove presidentes americanos passaram durante o período. Cuba acusou os Estados Unidos de promoverem o embargo comercial. Os dois países iniciaram uma reaproximação no governo de Barack Obama e que agora está ameaçada por causa da eleição de Donald Trump que em sua promessa de campanha quer anular o acordo. Os longos discursos chamavam a atenção. Em 2006 ele renuncia ao cargo de presidente do Partido Comunista, dois anos depois renuncia ao poder devido à problemas de saúde. O seu corpo será cremado neste sábado e os funerais serão no dia 4 de dezembro. Raúl Castro decretou 9 dias de luto. Muitos cubanos que moram em Miami, cidade onde moram milhares de refugiados cubanos comemoraram a notícia de sua morte e em Havana milhares de pessoas ficaram chocadas com o anúncio.

Nenhum comentário: