segunda-feira, 31 de outubro de 2016

O Mês em Resumo: Eleição municipal consagra PSDB e destroça PT, Eduardo Cunha é pego na Lava Jato, Bob Dylan vence Nobel e futebol diz adeus ao Capita Carlos Alberto Torres

O quadro O Mês em Resumo traz os principais fatos do mês de outubro.







A eleição municipal teve como grandes vencedores o PSDB que governará 28 cidades e partidos nanicos como o PRB. Nas capitais os tucanos levaram centros importantes como São Paulo que elegeu em primeiro turno o novo prefeito. O empresário João Doria venceu a eleição impondo uma dura derrota ao PT, aliás o partido da estrela não brilhou e venceu em apenas uma capital, no segundo turno sofreu uma lavada não ganhando nenhuma cidade, em especial o ABC paulista, considerado o cinturão vermelho. Pesaram na derrota petista o impeachment de Dilma Rousseff, a Lava Jato e a crise econômica. No Rio de Janeiro o senador e bispo licenciado da Universal Marcelo Crivella foi eleito prefeito, em Belo Horizonte Alexandre Kalil venceu a eleição em sua primeira disputa, Nelson Marchezan Jr foi eleito em Porto Alegre, ACM Neto foi reeleito em Salvador e em Curitiba Rafael Greca venceu a eleição que teve a apuração mais rápida de todo o pleito.



Eduardo Cunha caiu nas garras da Lava Jato. O ex- presidente da Câmara e cassado foi preso sob determinação do juiz Sérgio Moro. Cunha é acusado de lavagem de dinheiro e por ter mentido na CPI. Dois dias depois uma ação da polícia do Senado levou à prisão de quatro agentes de segurança, acusados de obstruir a Justiça. O caso gerou uma crise institucional provocada pelos xingamentos do presidente do senado Renan Calheiros ao juiz Valisney Oliveira e à presidente do STF Cármen Lúcia. Por conta disso a Operação Métis foi suspensa pelo ministro Teori Zavascki.

Deputados comemoram aprovação da PEC do Teto dos gastos; foram 359 votos favoráveis, 116 contrários e 2 abstenções

A PEC 241 que controla os gastos públicos é aprovada em segundo turno pela Câmara dos Deputados e agora vai à votação no Senado.



O furacão Matthew devasta o Haiti e a Costa Sul dos Estados Unidos matando mais de 1000 pessoas. A passagem causou um prejuízo de US$ 2 bilhões.



A eleição americana esquenta na reta final. Donald Trump apresenta sua verdadeira face: machista, mentiroso e asediador, já Hillary Clinton se vê de novo com os problemas envolvendo a divulgação de e -mails pessoais que foram hackeados.



Depois de dois anos de domínio dos surfistas brasileiros o havaiano John John Florence interrompe a hegemonia e vence o Circuito Mundial de Surfe. John John é beneficiado pela eliminação de Gabriel Medina e na etapa de Peniche vence e leva o título, o primeiro de um surfista do Havaí desde Andy Irons em 2004.





Divulgada a lista de vencedores do Prêmio Nobel 2016. O Prêmio Nobel da Paz vai para o presidente da Colômbia Juan Manuel Santos pela busca pela paz com as Farc, apesar de referendo rejeitar o acordo de paz. O Nobel de Medicina vai para o japonês Yoshinori Ohsumi pelo estudfo das células autofágicas que retardam o envelhecimento, o Nobel de Física e química vai para três cientistas britânicos que studaram o complexo mundo microscópico e o Prêmio Nobel de Literatura foi para o cantor americano Bob Dylan que demorou duas semanas para reconhecer o feito.



Carlos Alberto Torres é considerado para muitos o eterno Capitão do tri. Dono de uma refinada elegância o Capita como ficou carinhosamente conhecido é lembrado pelo gol antológico marcado na final contra a Itália em que recebeu de Pelé e chutou forte sem chance de defesa para Albertosi. Teve uma carreira brilhante jogando no Santos, Botafogo, Cosmos e Flamengo. Como treinador foi campeão brasileiro pelo Flamengo em 1983 e da Conmebol pelo Botafogo em 1993. Atualmente trabalhava como comentarista no SPORTV. Na manhã do dia 25 ele sofre um infarto fulminante e morre aos 72 anos.



O italiano Dario Fo escreveu mais de 80 peças teatrais sendo a mais conhecida Morte Acidental de um Anarquista, de 1970. Em 1997 foi agraciado com o Prêmio Nobel de Literatura. Internado com problemas pulmonares Dario Fo morre no dia em que Bob Dylan ganhava o Nobel de Literatura aos 90 anos.



O psiquiatra Flávio Gikovate se tornou o pioneiro nos estudos voltados à vida afetiva e conjugal. Escreveu 30 livros que venderam juntos mais de 1 milhão de exemplares. Escreveu também para a Folha de S. Paulo, fez participação em novela da Globo e estava na rádio CBN com o programa No Divã do Gikovate. Desde o começo deste ano lutava contra um câncer que o matou no dia 13 aos 73 anos.



Orival Pessini começou carreira no teatro e chegou à televisão em 1963 na extinta TV Tupi. Nos anos 70 deu vida à Sócrates, o macaco do humorístico Planeta dos Homens, mas foi com o Fofão que surgiu no Balão Mágico que conquistou a admiração do público. O personagem infantil ganhou um programa solo na TV Bandeirantes no final da década de 80. Outro personagem de destaque foi o hippie Patropi que apareceu com destaque na Escolinha do Professor Raimundo. O ator morre no dia 14 devido à complicações de um câncer no baço.

O quadro retorna em novembro.

Nenhum comentário: