Pular para o conteúdo principal

Dia de ouro histórico no boxe, prata para a canoagem e duras derrotas para as mulheres

A terça feira olímpica reservou grandes emoções para o torcedor brasileiro que riu e chorou ao mesmo tempo. Riu de alegria com duas medalhas de dois humildes atletas, mas também chorou com derrotas e eliminações doídas para as mulheres.

BOXE FAZ HISTÓRIA COM OURO DE ROBSON CONCEIÇÃO

Fotos de Peter Cziborra/Reuters

Peter Cziborra/Reuters



Robson Conceição atropelou o francês e se torna o primeiro campeão olímpico brasileiro no boxe

Antes da Olimpíada começar Robson Conceição era apontado como candidato à medalha e comprovou isso a cada luta. Na final desta terça feira ele não deu chances ao francês Sofiane Oumiha por decisão unânime e conquistou o título de campeão olímpico no peso ligeiro, o que comprova a ascensão do boxe que começou há quatro anos em Londres com as medalhas conqustadas pelos irmãos Esquiva e Yamaguchi Falcão. Esta foi a quinta medalha na história do boxe na história que ainda conquistou dois bronzes com Servílio de Oliveira em 1968 e Adriana Araújo em 2012.

ISAQUIAS QUEIROZ FAZ HISTÓRIA NA CANOAGEM

Clayton de Souza/AE

Isaquias Queiroz com a medalha de prata na prova de 1000m da canoagem de velocidade Foto: Clayton de Souza / ESTADAO/NOPP

Isaquias Queiroz morde a medalha de prata numa conquista histórica para a canoagem

A primeira medalha do dia saiu na canoagem com o baiano Isaquias Queiroz na prova C1 1000 m. Ele foi superado pelo alemão Sebastian Brendel que é campeão mundial numa disputa definida nos metros finais. O pódio coroa um grande ciclo em que foi campeão mundial e pan americano. E pensa que acabou, ele volta para disputar mais duas provas e quem sabe não vem mais medalhas. Logo após a conquista da medalha ele declarou à imprensa para que os políticos parem de brigar por si e passem a apoiar o esporte.

A DESPEDIDA FRUSTRANTE DE FABIANA MURER

Daniel Marenco/Ag. O Globo



Fabiana Murer saúda a torcida depois de fracassar na tentativa de passar de 4,55

O sonho de uma medalha olímpica para Fabiana Murer acabou antes do previsto. E foi de cara nas eliminatórias. Ela não conseguiu passar de 4,55 nas três tentativas e acabou desclassificada em último. A saltadora alegou o mau desempenho à uma hérnia de disco diagnosticada antes do começo da Olimpíada e esta pode ter sido a última da carreira, pois ela confirmou sua aposentadoria ao final do ano, só temos mais que agradecer. Valeu Fabiana!

FIM DO SONHO DOURADO NO FUTEBOL FEMININO

Jorge William/Ag. O Globo e Fábio Motta/AE





Marta é amparada após a derrota nos pênaltis que obriga o Brasil a brigar pelo bronze

A seleção feminina de futebol viu mais uma vez o sonho do ouro morrer na praia. Diante da torcida que lotou o Maracanã nossas guerreiras e injustiçadas lutaram até o fim, mas esbarraram na retranca da Suécia que entrou em campo com a proposta de segurar para tentar os contra ataques. Durante 120 minutos o Brasil teve mais volume de jogo só que faltou o gol. O jogo então foi para as disputas de pênaltis e o Brasil perdeu dois com Cristiane e Andressinha. A Suécia errou um e venceu a série por 4 x 3 e vai decidir a medalha de ouro com a Alemanha que venceu o Canadá por 2 x 0. O Brasil vai disputar o bronze contra as canadenses em Belo Horizonte.

ADEUS FRUSTRANTE PARA AS MENINAS DO HANDEBOL

Marcos Tristão/Ag. O Globo/NOPP

Deonise Fachinello chora ao lado Eduarda Amorim após derrota para a Holanda Marcos Tristao / NOPP

Duda e Denise choram o fim do sonho da medalha em casa

A seleção feminina de handebol se despediu do sonho da medalha inédita em casa com uma derrota dura para a Holanda, vice campeã mundial por 32 x 23. Pesou para a derrota a série de falhas defensivas e a falta de poder ofensivo. Para algumas jogadoras como Mayssa esta pode ter sido a partida de despedida com a camisa da seleção brasileira.

BRASIL NA FINAL MASCULINA DO VÔLEI DE PRAIA

Fotos de Marcelo Carnaval/Ag. O Globo



Alison e Bruno Schmidt passa pelos holandeses e vai pra final com a prata garantida

O Brasil garantiu mais uma medalha, no mínimo a medalha de prata. A dupla Alison e Bruno Schmidt passou pelos holandeses Meeuwsen e Browner por 2 sets a 1. O adversário na final sairá do duelo entre Itália e Holanda.

Larissa e Talita lamentam a derrota para a dupla alemã Foto: Marcelo Carnaval / Agência O Globo

Já a dupla Larissa e Talita foi derrotada pelas alemãs Ludwig/Walkenhorst por 2 sets a 0 e espera sua adversária na disputa entre Walsh/Ross e Ágatha/Bárbara.

O desempenho dos outros brasileiros

- A seleção de polo aquático masculina lutou, mas não foi páreo para a Croácia, atual campeã olímpica por 10 x 6 e agora disputa do quinto ao oitavo lugar contra a Hungrua.

- No trampolim de 3 m o brasileiro César Castro terminou a final em nomo lugar

- No levantamento de peso Fernando Reis obteve a melhor participação do país na história com o quinto lugar na categoria até 105 kg.

- Na maratona aquática de 10 km Allan do Carmo terminou a prova na 17ª posição.

- O hipismo brasileiro está na final por equipes e na liderança. Dos quatro cavaleiros apenas Stephan Barcha não seguirá pos ele foi desclassificado por conta de usar esporas em seu cavalo que ficou machucado. O Brasil lidera ao lado de Grã Bretanha e Holanda, todos sem uma única falta ou punição.

- Robert Scheidt ficou sem medalha desta vez. O maior medalhista da história junto de Torben Grael ficou na quarta colocação da classe Laser. Na regata da medalha ele chegou em primeiro, mas o neozelandês Sam Meech chegou na quarta colocação garantindo o bronze. Na classe Finn Jorge Zarif chegou na quarta posição geral e terceiro na regata das medalhas. Na 470 o Brasil não terá chance de medalha: no feminino Fernanda Oliveira e Ana Barbachan ficaram no nono lugar geral e na masculina Henrique Haddad e Bruno Bethlem terminaram na 22ª posição. A dupla da 49er Martine Grael e Kahena Kunze está na final da classe e tem boas chances de conquistar uma medalha de ouro, pois a dupla está empatada em segundo lugar com a Espanha.

- Na ginástica Francisco Barreto ficou na quinta posição na barra fixa. Destaque para a americana Simone Biles que conquistou sua quarta medalha de ouro e quinta nesta Olimpíada, no solo.

Johannes Eisele/AFP

Medalhista de ouro no salto com vara dá show de espírito olímpico (Foto: Johannes EISELE / AFP)

E Thiago Braz recebeu na noite de hoje a medalha de ouro no salto com vara e fez questão de pedir à torcida aplausos para o francês Renaud Lavillenie, medalha de prata que chorou durante a entrega da medalha. No momento do hino o atleta prestou continência como virou moda entre medalhistas brasleiros que são militares.

João Victor e Éder Souza estão fora da final dos 110 m com barreiras assim como Jorge Vides, Bruno Lins e Aldemir Gomes nos 200 m rasos, Maila Machado e Fabiana Moraes nos 110 m com barreiras e Keila Costa no salto em distância também deram adeus à disputa.

E o Brasil herda uma medalha de Pequim. A Rússia perdeu a medalha em re - exame antidoping e com isso o revezamento feminino 4 x 100 fica com a medalha de bronze, a 16ª nos jogos disputados em 2008.

Quadro de medalhas

PAÍSES
Medalhas Estados UnidosEUA28282783
Medalhas Grã-BretanhaGBR19191250
Medalhas ChinaCHN17151850
15ºMedalhas BrasilBRA34411


CLICK OLÍMPICO DO DIA

Vanderlei Almeida, Yuri Cortez/AFP e Eduardo Knapp/Folhapress 







Hoje nosso Click será triplo. A primeira foto traz o primeiro ouro da história do boxe brasileiro com Robson Conceição no peso ligeiro, o segundo é o emocionado abraço de Isaquias Queiroz com sua mãe após a conquista da medalha de prata, a primeira da canoagem e a terceira é a imagem da frustração das meninas do futebol que foram eliminadas da briga pelo ouro contra as suecas. Três imagens distintas de um dia de fortes emoções para o Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Bela do Domingo: Flávia Alvarenga

Em sua penúltima edição, o quadro A Bela do Domingo traz hoje a jornalista Flávia Alvarenga.



Formada em Jornalismo pela Universidade de Brasília, Flávia Alvarenga está há dez anos na Rede Globo de Brasília e começou sua carreira sendo produtora de reportagem no DF TV 1ª edição em 2002, ano em que se formou.









Em 2004 o formato da previsão do tempo foi mudado e Flávia assumiu a apresentação do quadro nos telejornais locais. Em 2005 passa a fazer reportagens de rua e acumula ainda a apresentação do bloco local do Globo Esporte até outubro de 2008. A jornalista também pode ser vista eventualmente na previsão do tempo do Jornal Nacional e nos outros telejornais. Atualmente está à frente do Bom Dia DF, telejornal que vai ao ar às 6:30 da manhã.

No domingo que vem tem a última Bela do Domingo da temporada de 2011.

A Bela do Domingo: Cecília Malan

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Cecília Malan.



Maria Cecília Malan nasceu em 16 de abril de 1983 e se formou em jornalismo pela PUC do Rio. Filha do ex-ministro da Fazenda Pedro Malan já morou em Nova York, Washington, Paris e Brasília quando decidiu voltar ao Brasil em 2002.









Em 2005 inicia carreira como estagiária do Bom Dia Brasil e depois virou trainee. Em 2007 se torna editora do noticiário internacional e desde 2011 atua no escritório da Globo em Londres. Primeiramente como produtora e depois passou a dividir reportagens. Dentre as coberturas mais importantes destaca - se a dos atentados ocorridos em janeiro de 2015 ao jornal Charlie Hebdo quando foi alvo de críticas nas redes sociais devido à sua demonstração de ficar com medo ao ouvir disparos de armas de fogo. E desde então participa do Bom Dia Brasil e dos demais telejornais da casa com entradas ao vivo da capital inglesa.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Izabella Camargo

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Izabella Camargo.



Seu nome de batismo é Izabella Spaggiari Brazil Camargo, nascida em Apucarana em 1º de fevereiro de 1981. Aos 16 anos deixou sua cidade natal e veio para São Paulo onde foi uma das garotas do programa de games Fantasia no SBT entre 1997 e 1999.





Fez curso no Senac de rádio e TV, fez jornalismo na Faculdade São Judas Tadeu e pós graduação e marketing na Faculdade Cásper Líbero. Em 2003 fez programas de entretenimento na rádio Energia 97, depois na Jovem Pan. Em 2005 integrou o time de apresentadores do canal Shop Tour e em janeiro de 2006 passou a integrar o time de locutores do canal de notícias Band News onde ficou até 2009. Voltou ao SBT onde apresentou por uma semana o extinto Olha Você. Em junho do mesmo ano passou a fazer parte da equipe de jornalismo da Rede Bandeirantes.





Durante os três anos em que esteve na emissora participou do rodízio de apresentadores do Jornal da Band e ao mesmo tempo cobrindo as férias…

A Bela do Domingo: Lana Canepa

O quadro A Bela do domingo de hoje traz a jornalista Lana Canepa.


Lana Karine Prieto Canepa Mundim iniciou carreira no jornalismo como produtora, repórter e editora em uma emissora afiliada da Rede Globo no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul cobrindo assuntos de Brasília.









Em 2005 apresentou o programa independente Beleza em Foco na TV Brasília. Em 2007 se forma em Ciência Política na UnB, em 2010 se torna repórter da Globo Brasília cobrindo acontecimentos locais. Em 2012 em sua primeira passagem pela Band se torna editora e repórter do Jornal da Band, logo depois se mudou pra Curitiba onde foi professora da PUC e trabalhou para o jornal Gazeta do Povo até 2016 quando passou pela TV Justiça e depois retornou para a Band voltando a atuar como repórter de política do Jornal da Band. O seu desempenho fez com que a direção de jornalismo do canal a escolhesse para cobrir recentemente as férias de Paloma Tocci e possivelmente a licença maternidade em breve.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Bruna Roma

O quadro A Bela do Domingo está de volta e para abrir a temporada 2014 a primeira homenageada é a jornalista Bruna Roma.



Bruna Silva Roma nasceu em 23 de fevereiro de 1988 em Guaratinguetá, no interior do estado de São Paulo onde viveu até os 20 anos. Cursou Comunicação Social com habilitação para Jornalismo em Taubaté e em 2009 participa do programa de estagiários da Rede Globo. Durante o estágio dividiu o trabalho na capital paulista e a universidade no interior onde se forma em 2010.















Em 2010 logo que se formou passou a fazer parte da equipe de repórteres da Globo de São Paulo e ficou durante dois anos. Em janeiro de 2012 se muda pra Fortaleza onde começa a trabalhar na TV Verdes Mares, afiliada da Rede Globo na capital cearense, três meses depois apresentou um quadro de diversão e arte no telejornal CE TV 1ª edição e em julho do mesmo ano assumiu a apresentação do Encanta Ceará que homenageia os artistas que se destacam no estado. Em julho do ano passado deixa a Verdes Mares e reto…

A Bela do Domingo: Marisy Idalino

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a atriz e apresentadora Marisy Idalino.



Nascida em 10 de maio de 1984 em Osasco, Marisy Idalino iniciou no balé e aos 15 anos inicia carreira no teatro. Aos 17 anos se muda pra São Paulo onde tenta fazer a faculdade de Direito, mas faltando dois anos desiste e retorna para o teatro.









Fez testes publicitários e passou para um deles na TV Gazeta onde ficou por três meses fazendo merchandising no programa Todo Seu com Ronnie Von. Depois passou por Mega TV, Record e Bandeirantes até que em 2012 ela retornou à Gazeta, primeiro no TV Culinária e depois como stand by nos programas Você Bonita, Mulheres e Revista da Cidade. Chegou a namorar com o ator Rodrigo Phavanello, mas o casamento foi cancelado a poucos dias de ser realizado.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Williane Rodrigues

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Williane Rodrigues.



Nascida na capital federal em 10 de junho de 1981, Williane Rodrigues queria ser atriz, chegou inclusive a encenar peças, mas acabou indo para o jornalismo e antes mesmo de se formar já exercia a profissão estagiando na TV Bandeirantes e na Radiobras. Em 2002 já formada pelo CEUB inicia carreira como repórter na TV Brasília.











Poucos meses depois começou a apresentar telejornais na casa. Três anos mais tarde se muda pro SBT onde se torna editora e apresentadora do Cidade Viva. Em 2007 se torna repórter de rede para o SBT Brasil onde trazia reportagens sobre política. No fim de 2008 assume o projeto de revitalização do jornalismo local da emissora apresentando o Jornal do SBT Brasília e desde agosto de 2013 assume o comando do SBT Brasília substituindo Neila Medeiros trazendo interatividade e levando a notícia de uma forma diferenciada. Ano passado ao comentar uma notícia de que uma adolescente jogou um gato da jane…

A Bela do Domingo: Lizandra Trindade

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Lizandra Trindade.



A carioca Lizandra Trindade começou a atuar no jornalismo em 2007 quando iniciou carreira como repórter do programa Agenda na Globo News.









Foram quatro anos fazendo reportagens e entrevistas com artistas. Em maio de 2010 se tornou repórter do Globo Universidade no lugar de Bianca Rothier que se mudou pra Suíça. Foram três anos apresentando reportagens sobre as profissões e o mercado de trabalho. Ano passado começou a trabalhar com esporte e atualmente é uma das repórteres da equipe da Globo no Rio de Janeiro e na maioria das vezes tem reportagens suas no Globo Esporte.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Mariana Becker

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Mariana Becker.


Há 18 anos na Rede Globo, a jornalista gaúcha de 41 anos já viajou por 34 países desde 2007 quando passou a acompanhar o mundo da Fórmula 1.













Com carreira iniciada em 1995 na área geral, depois passando para o esporte a repórter chegou a participar de três edições do Rali dos Sertões, sendo duas delas pilotando. A sua experiência acabou levando a jornalista ao mundo da F1 a partir de 2007 quando foi escalada pela primeira vez. Desde então ela superou preconceitos e mesmo assim recebeu poucas cantadas por parte de colegas do mundo. Hoje em Interlagos, Mariana estará com o time da Globo na transmissão do Grande Prêmio do Brasil, prova que encerra a temporada 2013. Ela é casada com o produtor Jayme Britto e mora em Mônaco desde 2008.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Fernanda de Freitas

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a atriz Fernanda de Freitas.



Nascida em São José do Rio Preto em 25 de fevereiro de 1980 Fernanda de Freitas foi professora de balé por cinco anos e aos 19 anos deixou a academia onde lecionava para tentar a sorte no Rio de Janeiro e seu começo de carreira foi como uma das Garotas do Zodíaco no extinto Planeta Xuxa. A partir daí ela não deixou mais de aparecer na telinha.





Em 2002 fez sua primeira novela, Coração de Estudante no papel de Heloísa e no ano seguinte foi uma das apresentadoras da TV Globinho e fez participação em Kubanacan como Consuelo. Em 2004 fez o papel de Amanda em Como uma onda. Em 2005 fez o papel de Cathy mc Gould em Bang Bang, depois fez Pé na Jaca e Negócio da China.



A partir de então se dedica a participar de séries e programas como A Turma do Didi, S.O.S Emergência e Tapas e Beijos num papel de destaque além de reencarnar a personagem Marina da Glória que foi interpretada por Tássia Camargo na releitura da Escolinha do Pr…