Pular para o conteúdo principal

O Mês em Resumo: A eleição que dividiu o Brasil, a crise da água que deixou São Paulo na seca e um novo drama na Fórmula 1

O quadro O Mês em Resumo traz hoje os principais fatos que marcaram o mês de outubro.









A mais acirrada e tensa eleição presidencial desde 1989 dividiu o país seja nas ruas, nas redes sociais, enfim, foi uma eleição polarizada e marcada por ataques mútuos. No fim mais de 54 milhões de brasileiros escolheram Dilma Rousseff que foi reeleita num pleito difícil. No primeiro turno a petista venceu, mas não levou porque o tucano Aécio Neves conseguiu virar o jogo e tirar Marina Silva da disputa. A mesma Marina Silva decidiu apoiar o tucano que chegou a liderar as pesquisas, mas a virada da petista fez com que o Brasil ficasse dividido. Dilma Rousseff em seu discurso da vitória disse que está aberta ao diálogo, mas se depender do Congresso que rejeitou a proposta da criação dos conselhos populares vai ser difícil governar.





Aécio Neves perdeu a eleição, mas os 51 milhões de votos conquistados o credencia como novo líder da oposição que virá mais forte. Aécio conseguiu unir o PSDB e promete fazer uma oposição ferrenha, como jamais teve nos 16 anos de governo do PT.

Na composição do Congresso o PT perdeu cadeiras na Cãmara dos Deputados, mas segue como o partido com maior representação política com 70 deputados, seguido do PMDB que soma 66. Entre os senadores o PMDB tem 18 e o PT tem 12.







Nas disputas dos governos estaduais o PMDB elege sete, o PSDB e o PT cinco e o PSB quatro. Em São Paulo Geraldo Alckmin consegue a reeleição e o PSDB vai pra 20 anos de poder no estado mais rico da nação, em Minas Gerais Fernando Pimentel impõe uma derrota histórica em Aécio Neves vencendo a eleição. No Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão consegue a reeleição. A grande surpresa foi o Rio Grande do Sul que tradicionalmente não reelege governador e José Ivo Sartori do PMDB conseguiu uma eleição surpreendente derrotando Tarso Genro que buscava a reeleição.



Um representante da Geração Brasília será o novo governador do Distrito Federal. Rodrigo Rollemberg venceu a eleição derrotando Jofran Frejat no segundo turno. Depois da renúncia de Arruda ele se tornou o favorito e conseguiu se eleger depois de uma campanha feita com propostas. O governador Agnelo Queiroz amargou uma derrota fragorosa nem chegando ao segundo turno devido às altas taxas de rejeição em seu mandato.

Dois mensaleiros em liberdade: José Dirceu deverá cumprir em casa o restante da pena enquanto Henrique Pizzolato teve seu pedido de extradição na Itália negado e ele foi solto.



O Petrolão ganha novos desdobramentos com as revelações do doleiro Alberto Yousseff. Num deles revelado pela revista Veja às vésperas do segundo turno ele afirma que o Palácio do Planalto sabia do esquema. A revista foi alvo de ataques e sua sede foi alvo de atos vandalistas. O site foi obrigado a publicar direito de resposta em mais um ataque claro à liberdade de expressão á imprensa.



A crise na água afeta São Paulo. O reservatório do Sistema Cantareira atinge níveis críticos e a falta de chuvas agrava ainda mais o problema. Na capital e no interior a falta d'água afeta a população. Outubro também foi seco em Brasília e a capital registrou índices altíssimos de calor. O dia 15 teve temperatura de 35º, o segundo mais seco da história.



O ebola chega a ameaçar o Brasil, mas o caso suspeito não passou de alarme falso. Um africano que estava em Cascavel no interior do Paraná chegou a ser internado, mas tudo não passou de uma febre.



O vigia Tiago Henrique Gomes da Rocha, de 26 anos confessa ter matado 39 pessoas em Goiânia durante três anos. O serial killer ainda confessa ter sofrido abuso sexual. Entre suas vítimas estavam moradores de rua, prostitutas e transeuntes que ele abordava.



Um ônibus que levava estudantes bate em uma carreta e mata 13 pessoas entre Borborema e Ibitinga, no interior de São Paulo.





Um atirador invade o Memorial Nacional da Guerra e o parlamento do Canadá na capital Ottawa e mata um oficial. Ele trocou tiros com a polícia e acabou morto. O caso abala o país que é considerado tranquilo.



O atleta paralímpico Oscar Pistorius é condenado a cinco anos de prisão pelo assassinato de sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp. Com isso ele fica de fora das Paralimpíadas do Rio de Janeiro em 2016. Em outro crime passional o goleiro da seleção sul africana Senzo Meyina é assassinado por se envolver com uma amante.





Drama na Fórmula 1: O piloto francês Jules Bianchi sofre um acidente grave no Grande Prêmio do Japão quando perde o controle e bate em um trator a 200 km/h. O piloto foi internado e segue em estado crítico, mas estável.





A seleção dos Estados Unidos conquista pela nona vez o título do mundial feminino de basquete ao vencer na final a Espanha por 77 a 64. No mundial feminino de vôlei também deu EUA que conquistou o inédito título mundial ao vencer a China na decisão. O Brasil que vinha invicto ficou com a medalha de bronze ao vencer as donas da casa.



Representante do malandro carioca nos filmes Vai trabalhar Vagabundo e Se segura malandro e na TV com o jornalista Waldomiro Pena no seriado Plantão de Polícia, Hugo Carvana representou bem esse típico personagem do cotidiano. Na TV teve trabalhos de destaque interpretando políticos e empresários. Com essa simplicidade ganhou o carinho do público. Hugo Carvana morre no dia 4 em decorrência de um câncer de pulmão, aos 77 anos.



O jornalista Ben Bradlee deu à imprensa uma grande contribuição ao coordenar uma série de reportagens do caso Watergate que revelou ao mundo o envolvimento do então presidente americano Richard Nixon no esquema de espionagem na sede do Partido Democrata. O jornal Washington Post publicou 400 reportagens sobre o tema e a recompensa foi o Prêmio Pulitzer de 1973. Bradlee morre no dia 21 aos 93 anos.



O estilista Oscar de la Renta ficou famoso ao criar modelos de vestidos que foram usadas pelas primeiras damas americanas como Jacqueline Kennedy e Hillary Clinton além de assinar o modelo usado no casamento recente do ator George Clooney. Uma série de complicações causadas pelo câncer o matou aos 82 anos.



Ex- piloto de Fórmula 1 que disputou mais de 200 grandes prêmios sem vencer umzinho sequer, Andrea de Cesaris é mais lembrado pelas trapalhadas pois sempre se envolvia em acidentes do que seus feitos dentro da pista. Em 14 anos correu por equipes como McLaren, Ligier, Minardi, Brabham e Jordan. Um acidente de moto o matou aos 55 anos no dia 5 de outubro.


Nascido na França, Michel Laurence veio para o Brasil com 12 anos junto de seu pai que trabalhou na cobertura da Copa do Mundo no país. E a partir daí fincou raízes no jornalismo esportivo com textos inteligentes e sábios sobre o futebol. Cobriu oito copas do mundo, acompanhou boa parte da carreira de Pelé, foi um dos criadores da revista Placar e criou junto do fotógrafo Manoel Motta a Bola de Prata, prêmio dado aos melhores jogadores do Brasileirão que está há 45 anos premiando os jogadores. Em vários órgãos de comunicação onde passou deixou sua marca e dois de seus seis filhos seguem a carreira. Uma série de complicações depois de uma cirurgia no braço o matou no dia 25 aos 76 anos.

Em novembro tem mais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Bela do Domingo: Flávia Alvarenga

Em sua penúltima edição, o quadro A Bela do Domingo traz hoje a jornalista Flávia Alvarenga.



Formada em Jornalismo pela Universidade de Brasília, Flávia Alvarenga está há dez anos na Rede Globo de Brasília e começou sua carreira sendo produtora de reportagem no DF TV 1ª edição em 2002, ano em que se formou.









Em 2004 o formato da previsão do tempo foi mudado e Flávia assumiu a apresentação do quadro nos telejornais locais. Em 2005 passa a fazer reportagens de rua e acumula ainda a apresentação do bloco local do Globo Esporte até outubro de 2008. A jornalista também pode ser vista eventualmente na previsão do tempo do Jornal Nacional e nos outros telejornais. Atualmente está à frente do Bom Dia DF, telejornal que vai ao ar às 6:30 da manhã.

No domingo que vem tem a última Bela do Domingo da temporada de 2011.

A Bela do Domingo: Cecília Malan

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Cecília Malan.



Maria Cecília Malan nasceu em 16 de abril de 1983 e se formou em jornalismo pela PUC do Rio. Filha do ex-ministro da Fazenda Pedro Malan já morou em Nova York, Washington, Paris e Brasília quando decidiu voltar ao Brasil em 2002.









Em 2005 inicia carreira como estagiária do Bom Dia Brasil e depois virou trainee. Em 2007 se torna editora do noticiário internacional e desde 2011 atua no escritório da Globo em Londres. Primeiramente como produtora e depois passou a dividir reportagens. Dentre as coberturas mais importantes destaca - se a dos atentados ocorridos em janeiro de 2015 ao jornal Charlie Hebdo quando foi alvo de críticas nas redes sociais devido à sua demonstração de ficar com medo ao ouvir disparos de armas de fogo. E desde então participa do Bom Dia Brasil e dos demais telejornais da casa com entradas ao vivo da capital inglesa.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Izabella Camargo

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Izabella Camargo.



Seu nome de batismo é Izabella Spaggiari Brazil Camargo, nascida em Apucarana em 1º de fevereiro de 1981. Aos 16 anos deixou sua cidade natal e veio para São Paulo onde foi uma das garotas do programa de games Fantasia no SBT entre 1997 e 1999.





Fez curso no Senac de rádio e TV, fez jornalismo na Faculdade São Judas Tadeu e pós graduação e marketing na Faculdade Cásper Líbero. Em 2003 fez programas de entretenimento na rádio Energia 97, depois na Jovem Pan. Em 2005 integrou o time de apresentadores do canal Shop Tour e em janeiro de 2006 passou a integrar o time de locutores do canal de notícias Band News onde ficou até 2009. Voltou ao SBT onde apresentou por uma semana o extinto Olha Você. Em junho do mesmo ano passou a fazer parte da equipe de jornalismo da Rede Bandeirantes.





Durante os três anos em que esteve na emissora participou do rodízio de apresentadores do Jornal da Band e ao mesmo tempo cobrindo as férias…

A Bela do Domingo: Lana Canepa

O quadro A Bela do domingo de hoje traz a jornalista Lana Canepa.


Lana Karine Prieto Canepa Mundim iniciou carreira no jornalismo como produtora, repórter e editora em uma emissora afiliada da Rede Globo no Mato Grosso e Mato Grosso do Sul cobrindo assuntos de Brasília.









Em 2005 apresentou o programa independente Beleza em Foco na TV Brasília. Em 2007 se forma em Ciência Política na UnB, em 2010 se torna repórter da Globo Brasília cobrindo acontecimentos locais. Em 2012 em sua primeira passagem pela Band se torna editora e repórter do Jornal da Band, logo depois se mudou pra Curitiba onde foi professora da PUC e trabalhou para o jornal Gazeta do Povo até 2016 quando passou pela TV Justiça e depois retornou para a Band voltando a atuar como repórter de política do Jornal da Band. O seu desempenho fez com que a direção de jornalismo do canal a escolhesse para cobrir recentemente as férias de Paloma Tocci e possivelmente a licença maternidade em breve.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Bruna Roma

O quadro A Bela do Domingo está de volta e para abrir a temporada 2014 a primeira homenageada é a jornalista Bruna Roma.



Bruna Silva Roma nasceu em 23 de fevereiro de 1988 em Guaratinguetá, no interior do estado de São Paulo onde viveu até os 20 anos. Cursou Comunicação Social com habilitação para Jornalismo em Taubaté e em 2009 participa do programa de estagiários da Rede Globo. Durante o estágio dividiu o trabalho na capital paulista e a universidade no interior onde se forma em 2010.















Em 2010 logo que se formou passou a fazer parte da equipe de repórteres da Globo de São Paulo e ficou durante dois anos. Em janeiro de 2012 se muda pra Fortaleza onde começa a trabalhar na TV Verdes Mares, afiliada da Rede Globo na capital cearense, três meses depois apresentou um quadro de diversão e arte no telejornal CE TV 1ª edição e em julho do mesmo ano assumiu a apresentação do Encanta Ceará que homenageia os artistas que se destacam no estado. Em julho do ano passado deixa a Verdes Mares e reto…

A Bela do Domingo: Marisy Idalino

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a atriz e apresentadora Marisy Idalino.



Nascida em 10 de maio de 1984 em Osasco, Marisy Idalino iniciou no balé e aos 15 anos inicia carreira no teatro. Aos 17 anos se muda pra São Paulo onde tenta fazer a faculdade de Direito, mas faltando dois anos desiste e retorna para o teatro.









Fez testes publicitários e passou para um deles na TV Gazeta onde ficou por três meses fazendo merchandising no programa Todo Seu com Ronnie Von. Depois passou por Mega TV, Record e Bandeirantes até que em 2012 ela retornou à Gazeta, primeiro no TV Culinária e depois como stand by nos programas Você Bonita, Mulheres e Revista da Cidade. Chegou a namorar com o ator Rodrigo Phavanello, mas o casamento foi cancelado a poucos dias de ser realizado.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Williane Rodrigues

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Williane Rodrigues.



Nascida na capital federal em 10 de junho de 1981, Williane Rodrigues queria ser atriz, chegou inclusive a encenar peças, mas acabou indo para o jornalismo e antes mesmo de se formar já exercia a profissão estagiando na TV Bandeirantes e na Radiobras. Em 2002 já formada pelo CEUB inicia carreira como repórter na TV Brasília.











Poucos meses depois começou a apresentar telejornais na casa. Três anos mais tarde se muda pro SBT onde se torna editora e apresentadora do Cidade Viva. Em 2007 se torna repórter de rede para o SBT Brasil onde trazia reportagens sobre política. No fim de 2008 assume o projeto de revitalização do jornalismo local da emissora apresentando o Jornal do SBT Brasília e desde agosto de 2013 assume o comando do SBT Brasília substituindo Neila Medeiros trazendo interatividade e levando a notícia de uma forma diferenciada. Ano passado ao comentar uma notícia de que uma adolescente jogou um gato da jane…

A Bela do Domingo: Lizandra Trindade

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Lizandra Trindade.



A carioca Lizandra Trindade começou a atuar no jornalismo em 2007 quando iniciou carreira como repórter do programa Agenda na Globo News.









Foram quatro anos fazendo reportagens e entrevistas com artistas. Em maio de 2010 se tornou repórter do Globo Universidade no lugar de Bianca Rothier que se mudou pra Suíça. Foram três anos apresentando reportagens sobre as profissões e o mercado de trabalho. Ano passado começou a trabalhar com esporte e atualmente é uma das repórteres da equipe da Globo no Rio de Janeiro e na maioria das vezes tem reportagens suas no Globo Esporte.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Mariana Becker

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a jornalista Mariana Becker.


Há 18 anos na Rede Globo, a jornalista gaúcha de 41 anos já viajou por 34 países desde 2007 quando passou a acompanhar o mundo da Fórmula 1.













Com carreira iniciada em 1995 na área geral, depois passando para o esporte a repórter chegou a participar de três edições do Rali dos Sertões, sendo duas delas pilotando. A sua experiência acabou levando a jornalista ao mundo da F1 a partir de 2007 quando foi escalada pela primeira vez. Desde então ela superou preconceitos e mesmo assim recebeu poucas cantadas por parte de colegas do mundo. Hoje em Interlagos, Mariana estará com o time da Globo na transmissão do Grande Prêmio do Brasil, prova que encerra a temporada 2013. Ela é casada com o produtor Jayme Britto e mora em Mônaco desde 2008.

Semana que vem tem mais.

A Bela do Domingo: Fernanda de Freitas

O quadro A Bela do Domingo de hoje traz a atriz Fernanda de Freitas.



Nascida em São José do Rio Preto em 25 de fevereiro de 1980 Fernanda de Freitas foi professora de balé por cinco anos e aos 19 anos deixou a academia onde lecionava para tentar a sorte no Rio de Janeiro e seu começo de carreira foi como uma das Garotas do Zodíaco no extinto Planeta Xuxa. A partir daí ela não deixou mais de aparecer na telinha.





Em 2002 fez sua primeira novela, Coração de Estudante no papel de Heloísa e no ano seguinte foi uma das apresentadoras da TV Globinho e fez participação em Kubanacan como Consuelo. Em 2004 fez o papel de Amanda em Como uma onda. Em 2005 fez o papel de Cathy mc Gould em Bang Bang, depois fez Pé na Jaca e Negócio da China.



A partir de então se dedica a participar de séries e programas como A Turma do Didi, S.O.S Emergência e Tapas e Beijos num papel de destaque além de reencarnar a personagem Marina da Glória que foi interpretada por Tássia Camargo na releitura da Escolinha do Pr…