sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Top 5: Caso Bernardo tem reviravolta e caça às bruxas depois do ato racista no futebol

Esta semana o Caso Bernardo ganhou um novo rumo com divulgação de vídeos e no futebol a caça às bruxas ao ato racista contra o goleiro Aranha ganham as manchetes.

GNews - Menino Bernardo (Foto: globonews)

1 - Caso Bernardo: Dois novos vídeos de 2013 foram divulgados e mostram as brigas de Bernardo com o pai Leandro Boldrini e a madrasta Graciele Uglioni. Num trecho de um vídeo Bernardo aparece com uma faca ameaçando o pai de morte e em outro ele grita por socorro depois de ser agredido. Os dois supostos assassinos estão presos desde abril.

racismo Aranha Grêmio (Foto:  Roberto Vinicius/ELEVEN/Agência Estado)

2 - Racismo no futebol: Um dia depois do caso de racismo com o goleiro Aranha a diretoria do clube tomou medidas punitivas excluindo os dez torcedores que foram flagrados com atos racistas, já a jovem Patrícia Moreira que foi flagrada xingando de macaco o goleiro foi afastada do emprego onde trabalhava e também expulsa do quadro de sócios. O goleiro Aranha registrou o ocorrido e o STJD suspendeu a partida de volta que seria semana que vem para investigar o caso.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, comentou o resultado do PIB (Foto: Darlan Alvarenga/G1)

3 - PIB: No segundo trimestre do ano o PIB do Brasil recuou 0,6% e segundo o IBGE a queda nos investimentos acabou sendo determinante para o resultado. Com isso o Brasil entrou em recessão técnica.

4 - Ebola: Foi confirmado o primeiro caso do vírus no Senegal. Um cidadão vindo da Guiné entrou no país com a doença. A epidemia já matou mais de 1,5 milhão desde março.

Gabriel Medina, Teahupoo (Foto: Divulgação / ASP)

5 - Gabriel Medina: O surfista brasileiro foi destaque esta semana ao vencer o WCT de Teahupoo superando a lenda Kelly Slater, 11 vezes campeão mundial por apenas três décimos e está próximo de fazer história como o primeiro brasileiro campeão mundial de surfe.

Imagem da semana

torcedora gremio racismo aranha (Foto: Reprodução/ESPN)

Dá nojo ver isso, mas temos de mostrar quem são os racistas. A dona Patrícia Moreira deveria ter vergonha na cara e pedir desculpas ao Brasil pelo ato vergonhoso de racismo ao xingar de macaco o goleiro Aranha do Santos. Pro seu azar as câmeras de TV o flagraram e agora espero que pague pelo crime que cometeu. O futebol não é lugar de gente racista como você!

Semana que vem tem mais.

Nenhum comentário: