sexta-feira, 4 de julho de 2014

Que venha a Alemanha! Brasil vence na raça e volta à semifinal depois de 12 anos, mas perde Neymar

André Mourão/Ag. O Dia, Ivo Gonzalez, Alexandre Cassiano e Marcelo Theobald (2)/Ag. O Globo, Nilton Fukuda/AE, Tolga Bozoglu/EFE, Fabrizio Bensch e Marcelo del Pozo (2)/Reuters e Vanderlei Almeida/AP





Nilton Fukuda/Estadão

Thiago Silva escora após cruzamento em cobrança de escanteio e marca 1 a 0 para o Brasil em cima da Colômbia Foto: MARCELO DEL POZO / REUTERS

Imagem bonita do capitão: de joelhos, agradecendo aos céus pelo gol que marcou logo no início do jogo contra a Colômbia Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo



Seleção sofre no fim, mas vence a Colômbia e enfrenta Alemanha na semifinal VANDERLEI ALMEIDA/AFP

David Luiz corre para comemorar seu gol, o segundo do Brasil contra a Colômbia Foto: Ivo Gonzalez / Ivo Gonzalez



David Luiz consola o colombiano James Rodriguez após a vitória que colocou o Brasil nas semifinais Foto: MARCELO DEL POZO / REUTERS

Após o término do jogo, jogadores brasileiros consolaram o jovem colombiano

Zagueiros decidem e Brasil bate a Colômbia voltando a uma semifinal depois de 12 anos

Mais um passo foi dado e o Brasil chega à semifinal de Copa do Mundo. Depois de 12 anos o Brasil volta a figurar entre os quatro melhores do mundo. O Castelão com mais de 60 mil torcedores apoiou a seleção e logo aos sete minutos alegria com o gol do capitão Thiago Silva, logo ele que foi bastante criticado no jogo das oitavas contra o Chile pelo seu choro e não ter cobrado pênalti. Em escanteio cobrado por Neymar a bola passou por toda área e o joelho do zagueiro encontrou a bola que foi em direção ao gol. O Brasil dominou o jogo no primeiro tempo e criou boas chances. A Colômbia assustada sentiu o gol. No segundo tempo o Brasil seguiu ditando o ritmo, só que a Colômbia cresceu e quando começava a gostar do jogo veio o segundo gol num petardo de David Luiz que morreu no fundo da rede de Ospina. O time da Colômbia ainda diminuiu com James Rodriguez cobrando pênalti. Foi o sexto gol dele na Copa.

Nilton Fukuda/AE, Fabrizio Bensch/Reuters e Odd Andersen/AFP



 Neymar cai e grita de dor após levar uma joelhada nas costas dada pelo colombiano Zuñiga Foto: FABRIZIO BENSCH / REUTERS



Mas nem tudo é alegria na seleção. Agora há pouco foi confirmado que Neymar está fora da Copa do Mundo. Ele saiu de campo chorando de dor devido à uma joelhada maldosa e criminosa de Züniga que atingiu as costas. Ele foi levado à uma clínica e constatou - se fratura da terceira vértebra lombar, com recuperação de quatro a seis semanas. Uma pena, pois ele lutou muito pra estar nesse momento. Quem também fica de fora é Thiago Silva que tomou o segundo cartão amarelo e não joga a semifinal de terça contra a Alemanha. Que os deuses nos ajudem e que tragam a superação a nossos meninos.

BRASIL 2 X 1 COLÔMBIA
Data: 4 de julho de 2014
Horário: 17h00 (de Brasília)
Local: Castelão, em Fortaleza (CE)
Árbitro: Carlos Velasco Carballo (ESP)
Assistentes: Roberto Alonso Fernandez (ESP) e Juan Yuste (ESP)
Cartões amarelos: Thiago Silva, aos 17 min., Júlio César, aos 31 min. do 2°t (BRA); James Rodriguez, aos 21 min., Yepes, aos 27 min. do 2°t (COL)
Gols: Thiago Silva, aos 6 min. do 1°t, David Luiz, aos 23 min. do 2°t (BRA); James Rodriguez, de pênalti, aos 34 min. do 2°t (COL)
BRASIL: Júlio César; Maicon, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho (Hernanes, aos 40 min. do 2°t) e Oscar; Neymar (Henrique, aos 42 min. do 2°t), Hulk (Ramires, aos 37 min. do 2°t) e Fred
Técnico: Luiz Felipe Scolari
COLÔMBIA:  Ospina; Zuñiga, Zapata, Yepes e Armero; Sanchez, Guarín, James Rodriguez e Cuadrado (Quintero, aos 35 min. do 2°t); Ibarbo (Adrián Ramos, no intervalo) e Teófilo Gutierrez (Bacca, aos 27 min. do 2°t)
Técnico: José Pekerman

Um comentário:

Kleber Nunes disse...

E agora José! Sem Neymar o Brasil vai ter se virar nos 30, mas acredito nesse time e vamos chegar lá.