sábado, 12 de julho de 2014

O triste fim da pior seleção brasileira em todos os tempos

Sérgio Lima/Folhapress, Daniel Ferreira (2)/CB Press/DA, Alexandre Cassiano (2)/Ag. O Globo, Nilton Fukuda/AE, Dominic Ebenbicler (2) e Ueslei Marcelino/Reuters, Fabrice Coffirini e Vanderlei Almeida/AFP e Manu Fernandez/AP

Thiago Silva faz pênalti em Robben logo no início do jogo Foto: Alexandre Cassiano / Agência O Globo





























Wijnaldum comemora o terceiro da Holanda Foto: Manu Fernandez / AP

Fabrice Coffrini/AFP





Vanderlei Almeida/AFP

Holanda não dá chance e vence o Brasil que termina a Copa de forma melancólica

Terminou o suplício e agonia da seleção brasileira. Depois de tomar um histórico 7 x 1 da Alemanha na semifinal os comandados de Luiz Felipe Scolari ainda tentaram conquistar o terceiro lugar, mas em nova atuação desastrosa e somados à erros grosseiros da arbitragem se despediu da Copa debaixo de vaias com mais um vexame na despedida do Mané Garrincha. A Holanda que antes desdenhava dessa partida jogou de forma tranquila e venceu o jogo por 3 x 0. O primeiro gol foi logo no começo da partida. O juiz viu falta de Thiago Silva em Robben dentro da área, quando na realidade foi fora. Van Persie cobrou o pênalti e abriu o placar. Ainda no primeiro tempo os holandeses fizeram o segundo gol com Blind aos 17 minutos aproveitando nova falha defensiva, só que o juiz não assinalou impedimento. O Brasil chegou a esboçar uma melhora, mas os erros continuavam. Na segunda etapa o jogo ficou morno e Felipão mexeu no time fazendo as três substituições. Se nem a paciência do torcedor chegava ao limite o suplício terminou no terceiro gol holandês marcado no fim por Wijnaldum. Fim de jogo e fim melancólico para a seleção que em nenhum momento justificou o favoritismo e os sonhos de quase 200 milhões de brasileiros e a torcida que chegou a apoiar vaiou o time que saiu de campo. Os holandeses receberam as medalhas e comemoraram o terceiro lugar de forma invicta. Agora é hora de reformulação total e geral no futebol brasileiro e o caminho será árduo até 2018, pois tem Copa América e as eliminatórias sul americanas. Levante a cabeça e bola pra frente Brasil.

BRASIL 0 X 3 HOLANDA

Brasil: Júlio César; Maicon, Thiago Silva, David Luiz e Maxwell; Luiz Gustavo (Fernandinho), Paulinho (Hernanes), Ramires (Hulk), Oscar e Willian; Jô. Técnico:Luiz Felipe Scolari

Holanda: Cillessen (Vorm); Vlaar, Martins Indi e De Vrij; Kuyt, Wijnaldum, Clasie (Veltman), De Guzmán e Blind (Janmaat); Robben e Van Persie. Técnico: Louis Van Gaal

Data: 12/07/2014 – 17h
Local: Mané Garrincha (Brasília)
Árbitro: Djamel Haimoudi (ALG)
Auxiliares: Redouane Achik (MAR) e Abdelhak Etchiali (ALG)
Cartões amarelos: Thiago Silva, Fernandinho e Oscar (Brasil); Robben e De Guzmán (Holanda)
Gols: Van Persie, aos 2 min, e Blind aos 15 min do 1º tempo; Wijnaldum aos 45 min do 2º tempo

Um comentário:

Kleber Nunes disse...

Que triste despedida da seleção. Acho que esse também foi o último jogo de Felipão dirigindo a seleção. Agora é recomeçar do zero e ter a Alemanha como exemplo para fazer o trabalho certo e reerguer a vitoriosa camisa canarinho.